Tempo
|
A+ / A-

Vaticano

Papa operado

04 jul, 2021 - 15:00 • Redação

Intervenção cirúrgica ao intestino estava programada. Francisco já está na clínica.

A+ / A-

O Papa vai realizar uma “estenose diverticular sintomática do cólon”. Francisco deu entrada este domingo na Policlínica Gemelli, em Roma.

A cirurgia, que estava programada, vai ser realizada pelo Prof. Sergio Alfieri, adianta a comunicação da Santa Sé.

A doença diverticular caracteriza-se pela formação de pequenas bolsas - divertículos - nas paredes do intestino grosso e causa dores fortes.

O problema é mais frequente em pessoas a partir dos 60 anos anos. A obstipação é outro fator de risco.

Os divertículos são, geralmente, removidos através de uma técnica laparoscópica não invasiva e a intervenção é de curta duração.

O Papa Francisco chegou à clínica Gemelli pouco depois das 14h00 (hora de Lisboa) deste domingo, avança o jornal “Corriere della Sera”.

O Santo Padre foi transportado numa viatura descaracterizada, sem os símbolos do Vaticano, como geralmente acontece, e deu entrada no hospital acompanhado pelo motorista e um colaborador próximo, indica o mesmo jornal.

No final da intervenção um novo boletim médico será emitido, indica o Vaticano.

Esta notícia surge no mesmo dia em que o Papa anunciou viagem à Eslováquia com passagem pela Hungria em setembro. Francisco falava na tradicional celebração do Angelus, perante os fiéis, na Praça S. Pedro, no Vaticano.

O argentino Jorge Mario Bergoglio tem 84 anos e é Papa 19 de março de 2013.

O Papa já foi operado a um pulmão, removido parcialmente, e tem de quando em vez dor ciática.

O que é a doença diverticular

(fonte: saudedigestiva.pt)

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+