Tempo
|
Autárquicas 2021
36,2%
138Câmaras
14,16%
68Câmaras
11,45%
27Câmaras
7,75%
18Câmaras
5,75%
18Câmaras
4,02%
0Câmaras
2,46%
0Câmaras
1,6%
5Câmaras
1,03%
0Câmaras
11,45%
9Câmaras
  • Freguesias apuradas: 3020 de 3092
  • Abstenção: 45,53%
  • Votos Nulos: 1,62%
  • Votos em Branco: 2,53%

A+ / A-

JMJ Lisboa

Conselho de Ministros cria grupo para acompanhar organização das JMJ

08 abr, 2021 - 20:11 • Filipe d'Avillez

Também esta quinta-feira foi divulgado o terço oficial da Jornada Mundial, que é inteiramente fabricado em Portugal com material sustentável.

A+ / A-

O Conselho de Ministros decidiu criar, esta quinta-feira, um grupo de projeto que terá como função acompanhar os trabalhos de preparação da Jornada Mundial da Juventude, que está marcada para 2023.

Foi decretada a desocupação dos terrenos onde o encontro, que deverá reunir centenas de milhares de jovens de todo o mundo, vai decorrer.

Numa nota publicada esta quinta-feira, o Conselho de Ministros escreve que “é criado um grupo de projeto que irá assegurar o acompanhamento, em termos operacionais, dos trabalhos de preparação e organização do evento, sendo ainda determinada a desocupação das parcelas necessárias à sua realização e estabelecido um calendário gradual para a relocalização definitiva do Complexo Logístico rodoferroviário da Bobadela.”

“Esta área será reconvertida com vista à requalificação urbanística e valorização ambiental e ecológica da zona ribeirinha de Loures, de maneira a privilegiar a fruição do espaço público na relação entre o rio Tejo e o território adjacente”, lê-se ainda.

Terço especial e “ecológico”

Também esta quinta-feira foi divulgada a imagem do terço especial mandado produzir pela organização da JMJ.

O terço, disponível em três formatos e cores diferentes, é produzido com material sustentável e amigo do ambiente, explica a organização.

“Nos três modelos criados, o cordão do terço é em fio de algodão. Duas versões são em madeira, uma trabalhada e outra mais simples, e outra usa o plástico reciclado como matéria-prima. As peças assumem a preocupação ambiental, com algumas caraterísticas peculiares, como o facto de em cada terço de plástico ser usado material reciclado equivalente a 35 tampas de garrafa de água.”

“Comunicar para todos, nomeadamente através da linguagem inclusiva (braile e pictogramas), é uma prioridade da JMJ Lisboa 2023 que está presente nas embalagens dos terços, em papel reciclado. Durante o mês de maio, estará disponível, no site, a versão áudio e em língua gestual portuguesa das meditações propostas para o terço JMJ Lisboa 2023”, lê-se ainda no comunicado divulgado pela comissão organizadora.

“A oração, neste caso a oração do Terço, é uma das caraterísticas universais da Jornada Mundial da Juventude. Pretendemos, por isso, que a peça fosse de fácil uso, manuseamento, e de grande simplicidade. Destacamos também o forte propósito de inclusão e o da sustentabilidade”, refere Jorge Almeida, do Gabinete de Comunicação da JMJ Lisboa 2023, responsável pela área da marca e merchandising, que coordenou a criação do terço, fabricado inteiramente em Portugal.

Cada terço será ainda acompanhado de uma mensagem do Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+