Tempo
|
A+ / A-

​Basílica de Mafra. Coroação Pontifícia é o reconhecimento da Santa Sé à devoção da Santíssima Virgem

17 dez, 2020 - 17:53 • Ana Lisboa

Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra fala na importância deste título mariano e diz tratar-se de "um acontecimento histórico".

A+ / A-

Foi com "uma grande alegria" que a Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra recebeu a notícia de que o Papa Francisco tinha concedido, no domingo, a Coroação Pontifícia à imagem de Nossa Senhora da Soledade venerada na Basílica de Mafra.

O juiz da Irmandade, Francisco Simões do Paço, disse à Renascença que se tratou de um processo "moroso e complexo" e explica que esta decisão "é o reconhecimento por parte da Santa Sé da devoção à Santíssima Virgem presente na nossa imagem de Nossa Senhora, no Mistério da sua Soledade, o propósito de estender a todo o orbe católico a importância deste título mariano e o seu culto, fortalecendo assim a piedade cristã nas suas mais diversas expressões".

Este responsável explicou ainda que "o ato de coroar Nossa Senhora é reconhecer que ela é a Rainha da Igreja, de Portugal e das nossas vidas. É recriar na nossa comunidade a coroação celeste da Santíssima Virgem Maria como memorial da sua realeza e dispormo-nos a ser com Ela e como Ela".

Quanto à cerimónia de coroação, ainda não há data marcada, por causa das limitações impostas pela pandemia.

Esta é a "terceira coroação canónica em Portugal com caráter pontifício", sublinha o juiz da Irmandade Santíssimo Sacramento de Mafra. A primeira a ser coroada foi a imagem de Nossa Senhora do Sameiro, em Braga, em 1904. A segunda foi a de Nossa Senhora de Fátima da Capelinha das Aparições, em 1946.

Numa mensagem enviada à Irmandade, o cardeal patriarca de Lisboa congratula-se pela "coroação pontifícia da imagem de Nossa Senhora da Soledade".

Para D. Manuel Clemente, "Irmão de Honra" desta Irmandade, "assim se ligam dois motivos tão essenciais" na Basílica de Mafra: "a devoção mariana e a fidelidade ao sucessor de S. Pedro".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+