A+ / A-

Aeroporto de Lisboa. Santarém mantém-se como possível localização

20 jun, 2023 - 16:53 • Redação

Garantia é dada pela presidente da Comissão Técnica Independente que estuda a localização da infraestrutura, Maria do Rosário Partidário.

A+ / A-

Santarém mantém-se como possível localização para o novo Aeroporto de Lisboa. É o que garante a presidente da Comissão Técnica Independente que estuda a localização da infraestrutura. Maria do Rosário Partidário diz que nada muda com as declarações de João Galamba, que praticamente colocou de parte a hipótese de Santarém para a localização do novo aeroporto internacional, esta terça-feira.

Em declarações à Renascença, Maria do Rosário Partidário garante que todas as possibilidades continuam em avaliação. "Todas as hipóteses que foram assumidas no final da fase um estão em análise mas, daquilo que eu li, a única coisa que ele achou é que era muito longe, mas era na perspectiva dele... E, portanto, ela faz parte da RCM e o mandato da RCM manda a comissão técnica indepentente avaliar todas aquelas opções", diz.

Maria do Rosário Partidário garante, por isso, que continuam em estudo todas as possibilidades para a localização do novo aeroporto de Lisboa, o mesmo que disse à Renascença o presidente da Câmara de Santarém, que lamentou as declarações do ministro das infraestruturas nesta fase do processo. João Galamba, que antecipa o anúncio de uma decisão para o primeiro semestre do próximo ano - meio ano antes do prazo definido pela ANA.

Autarca critica Galamba por afastar Santarém sem estudos

O presidente da câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, considerou esta terça-feira lamentáveis as declarações do ministro João Galamba sobre a localização do novo aeroporto que vai servir a capital.

Em declarações à CNN Portugal esta manhã, o ministro das Infraestruturas desconsiderou a possibilidade de o futuro aeroporto ser instalado em Santarém, por ficar demasiado afastado de Lisboa, o que, nas suas palavras, o torna pouco viável.

À Renascença, o autarca critica a posição de Galamba, que não tem por base os estudos encomendados para a tomada de decisão.

"O ministro Galamba é conhecido por fazer declarações a quente, esta foi mais uma. O ministro não pode esquecer que o Governo a que pertenceu constituiu uma comissão para estudar a nova localização do aeroporto", destaca Ricardo Gonçalves.

“Lamento que o senhor ministro, que não devia tomar parte, venha tomar parte e dar a sua opinião. É lamentável. Faço parte de uma comissão de acompanhamento que ainda está a trabalhar. Osenhor ministro devia aguardar que, no final do ano, os estudos nos indiquem qual é a melhor solução.”

João Galamba decidiu antecipar o anúncio da localização do novo aeroporto para o primeiro semestre do próximo ano, meio ano antes do prazo avançado anteriormente pela ANA, e admite ainda que o aeroporto da Portela continuará em funcionamento durante, pelo menos, mais 12 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+