Tempo
|
A+ / A-

"Habitue-se". Cotrim diz adeus à liderança da IL com a promessa de oposição “eficaz” a Costa

21 jan, 2023 - 14:36 • Tomás Anjinho Chagas

No ponto final da sua liderança, o presidente da Iniciativa Liberal mostra-se “orgulhoso” do percurso, responde às críticas internas e aponta baterias a Medina: “Nunca sabe de nada!”

A+ / A-

O fim da era Cotrim na Iniciativa Liberal foi aproveitado pelo próprio para disparar ao Governo pelos “casos e casinhos” que têm alagado o executivo nos últimos meses. O ainda líder da IL considera que o partido tem sido “a única alternativa ideológica ao socialismo”, por ser o único que coloca a prioridade no crescimento económico do país

No último discurso como presidente da Iniciativa Liberal, e apesar de já não depender dele, promete que no futuro o partido vai continuar a ser a “oposição mais inteligente e eficaz” ao PS, que provoca irritação ao Primeiro-ministro.

“A Iniciativa Liberal aqui está para lhe continuar a dar motivos para se irritar: habitue-se!”, desfere Cotrim ironicamente, citando António Costa em entrevista à Visão.

Mas o líder do executivo não gozou de exclusividade no centro do alvo. Cotrim atirou também a ao Ministro das Finanças, numa altura em que Fernando Medina volta a estar perto de um inquérito motivado por suspeitas de corrupção, que culminou na realização de buscas na Câmara de Lisboa esta semana.

“Esse nunca sabe de nada, está sempre distraído. Não sabia dos dados dos dissidentes ucranianos enviados à embaixada russa, das indemnizações pagas na TAP e agora não sabe como é que um ex-autarca do PS de Castelo Branco era o único capaz de fiscalizar adjudicações em Lisboa”, critica o ainda líder da Iniciativa Liberal.

O rol de críticas é finalizado com uma colagem de Medina a Costa: “Pelo menos nesse aspeto daria um ótimo sucessor de António Costa, que também é especialista em sacudir a água do capote”, condena, numa frase que solta aplausos do Centro de Congressos de Lisboa.

Cotrim, que foi deputado único da IL e conduziu o partido à conquista de oito deputados nas últimas legislativas, acredita que o partido “mudou a linguagem política em Portugal” e, virado para dentro em discurso de guerrilha, desafiou os que disseram que a IL “nunca vingaria”: “Digam lá agora que não há cada vez mais liberais em Portugal.

Por entre promessas de conquistas nas eleições regionais dos Açores, Cotrim agradeceu aos que acreditaram no projeto do partido, fazendo-lhes uma homenagem: “vocês perderam privacidade, vocês ganharam cabelos brancos, os que ainda tinham cabelo”, numa palavra que pode ser lida como um conforto para Rodrigo Saraiva, líder parlamentar queestá envolvido numa polémica dentro da IL.

O líder tem sido criticado por falta de opacidade, e a sua direção chegou a ser comparada ao Comité Central do PCP. No seu direito de resposta diz que a insinuação “só não é ofensiva porque tem uma certa graça”, e garante que nunca trabalhou em proveito próprio.

“Tudo, mesmo tudo o que fiz, não foi para meu proveito ou conveniência, mas exclusivamente para o bem da IL”, promete o líder cessante, que devolve as setas: “Não sei se todos os críticos podem dizer o mesmo”. O ricochete fez estremecer o auditório em aplausos.

Descrevendo a sua passagem pela liderança da Iniciativa Liberal, Cotrim fala da “maior honra” da sua vida, e agradece a “confiança” ao longo dos anos que classifica como “anos de sucesso”. Olhando para o futuro, promete que vai continuar ao lado da IL “como membro de base, sem cargos, sem favores e sempre disponível”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+