Tempo
|
Autores
A+ / A-

Tomás Anjinho Chagas


Nasci em Évora, mas vivi sempre em Lisboa. Entrei para o mundo do jornalismo quando já todos estávamos embrulhados na pandemia, em maio de 2020, no Observador. Cheguei à Renascença em dezembro de 2021, para integrar a equipa de política.