Tempo
|
A+ / A-

Remodelação no Ministério da Economia. Mendonça Mendes passa a secretário de Estado Adjunto de Costa

29 nov, 2022 - 17:14 • Diogo Camilo

João Neves e Rita Marques estão de saída do Governo, por imposição do ministro Costa Silva. Para os seus lugares avançam Pedro Cilínio e Nuno Fazenda de Almeida. Já António Mendonça Mendes sai do Ministério de Fernando Medina e será o novo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

A+ / A-

Estão de saída dois secretários de Estado do Ministério da Economia e António Mendonça Mendes será o novo secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, António Costa, após a saída de Miguel Alves há cerca de três semanas.

Em comunicado na página da Presidência, é referido que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aceitou as propostas de Costa para a "exoneração de três secretários de Estado: dos Assuntos Fiscais, da Economia, e do Turismo, Comércio e Serviços", após ter sido noticiada a saída de João Neves e Rita Marques do Governo.

A informação foi confirmada à Renascença durante a tarde por fontes do Partido Socialista, que sublinharam que a iniciativa das demissões partiu do ministro da Economia. Na origem das demissões está a divergência publicamente manifestada pelos dois agora ex-secretários de Estado relativamente a uma descida transversal do IRC, defendida em Setembro por António Costa Silva.

De entrada no governo foram propostas três nomeações: António Mendonça Mendes sai do Ministério das Finanças para o cargo de secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, Pedro Cilínio para o cargo de secretário de Estado da Economia e Nuno Fazenda de Almeida para o cargo de secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços.

Ainda nas Finanças, João Nuno Mendes deixa o Tesouro e vai ser secretário de Estado das Finanças, passando, na prática, a ser o número 2 do Ministério das Finanças. Já Nuno Félix, atual subdiretor geral da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), assume o cargo até aqui desempenhado por Mendonça Mendes e passará a ser secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, com responsabilidade pela relação com o contribuinte.

Quanto à Secretaria de Estado do Tesouro, vai ser assumida por Alexandra Reis, atual presidente da NAV e com experiência na administração de várias empresas. Alexandra Reis é, também, Professora na AESE Business School e Professora convidada da Porto Business School.

A posse dos novos secretários de Estado irá decorrer na próxima sexta-feira a partir das 12h00 no Palácio de Belém.

[atualizado às 19h26]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+