Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Jerónimo sobre o caso dos refugiados. "Desconfio que a intenção é manchar a imagem do PCP"

29 abr, 2022 - 15:58 • Ricardo Vieira

Líder do PCP considera que o caso deve ser esclarecido, pela Câmara de Setúbal (CDU) e pelo Governo.

A+ / A-

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, desconfia que a notícia, de que refugiados ucranianos terão sido, alegadamente, recebidos na Câmara de Setúbal por apoiantes de Putin, tem como objetivo "manchar a imagem do PCP".

"Desconfio que esse é o objetivo, mas que não é verdade, tendo em conta que existe da parte de diversas instituições essa solidariedade", afirma o líder comunista.

Em declarações aos jornalistas no Parlamento, Jerónimo de Sousa, defende que a primeira questão que se coloca no caso do acolhimento de refugiados pela câmara de Setúbal é saber se "é um caso único"

Jerónimo de Sousa considera que o caso noticiado esta sexta-feira pelo Expresso deve ser esclarecido, pela Câmara de Setúbal (CDU) e pelo Governo.

O autarca de Setúbal deve ser chamado a prestar esclarecimentos no Parlamento? "Então nesse sentido a primeira pergunta que se coloca é se isto é um caso único ou se existe uma generalidade de associações que são solidárias", respondeu o líder do PCP.

A Câmara de Setúbal vai pedir uma investigação ao caso dos refugiados ucranianos que, alegadamente, foram recebidos pelo pelo antigo presidente da Casa da Rússia e pela mulher, funcionária do município de nacionalidade russa.

Em resposta a uma notícia avançada esta sexta-feira pelo jornal “Expresso”, a autarquia anunciou que vai “solicitar ao Ministério da Administração Interna que adote, de imediato, os necessários procedimentos no sentido de averiguar a veracidade das suspeitas”.

“Face à situação criada, a Câmara Municipal, retirou do acolhimento de cidadãos ucranianos a técnica superior citada na notícia até ao total e inequívoco esclarecimento desta situação, adianta o comunicado.

Segundo o jornal Expresso, pelo menos 160 refugiados ucranianos terão sido recebidos pelo antigo presidente da Casa da Rússia e pela mulher, funcionária do município de Setúbal.

Os dois terão questionado os refugiados sobre os familiares que ficaram na Ucrânia, mas a Câmara Municipal de Setúbal garante que “nunca foi feita tal pergunta.

A secretária de Estado da Igualdade e Migrações enviou esta sexta-feira ao Alto Comissariado para as Migrações (ACM) um pedido de esclarecimento na sequência da notícia de que refugiados ucranianos estão a ser recebidos em Setúbal por russos pró-Putin.

Em março, a Renascença avançou que associações pró-Rússia estavam na lista do Alto Comissariado das Migrações para acolher refugiados ucranianos.

A denúncia foi avançada pela embaixadora da Ucrânia em Portugal. Inna Ohnivets disse que a situação pode ser perigosa, nomeadamente, para os maridos que ficaram na Ucrânia.

O Alto Comissariado para as Migrações respondeu que não faz avaliações políticas, apenas técnicas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    02 mai, 2022 Porto 08:19
    A imagem do PCP já está manchada há muito tempo...estarão ao serviço do PCRusso, mais do que ao serviço de Portugal e dos portugueses? Quantos subsídios receberia do PCRUSSO?
  • Cidadao
    29 abr, 2022 Lisboa 21:39
    Mais manchada que já está, é dificil
  • EU
    29 abr, 2022 PORTUGAL 19:10
    " manchar a imagem do PCP ", desconfia o Partido Comunista Português. A Vossa imagem já está há muito MANCHADA. Já foi DERRAMADO muito sangue.
  • João Oliveira
    29 abr, 2022 Edimburgo 18:07
    Mas é o próprio PCP que tem manchado a sua imagem com as suas posições sobre o conflito. Tem acusado os seus rivais políticos do mesmo tipo que erros que normalmente são atribuídos aos regimes comunistas pelo mundo fora (silencia mento, pensamento único, etc). O comunismo na sua forma tradicional perdeu, mesmo paises como a China mudaram de tática, e só são comunistas de nome. Os esforços que os países da Europa de Leste fizeram para sair de tal regime , e da influência Soviética deveria ser sinal suficiente para Putin e seus simpatizantes que não se quer um regresso ao passado!

Destaques V+