Tempo
|
A+ / A-

Portas vai ao Congresso do CDS apoiar Nuno Melo

02 abr, 2022 - 19:52 • Susana Madureira Martins , Tomás Anjinho Chagas

O ex-líder do CDS estará em Guimarães para votar em Nuno Melo. Portas usa, pela primeira vez desde que deixou a liderança, o voto de inerência, mas garante que "não significa qualquer regresso à política partidária".

A+ / A-

Manuel Monteiro e Paulo Portas não se vão cruzar no Congresso deste fim de semana. Os ex-líderes do CDS entenderam estar presentes em Guimarães em dias diferentes.

O primeiro interveio na tribuna com um discurso programático este sábado e o segundo estará no domingo a votar na candidatura de Nuno Melo à liderança.

Numa mensagem enviada aos jornalistas, Portas confirma que estará em Guimarães para dar o seu "voto a Nuno Melo e às suas listas", acrescentando que desde que deixou a politica activa nunca usou "esse voto de inerência".

O ex-líder centrista refere ainda que esta presença no Congresso de Guimarães "não significa qualquer regresso à política partidária ou às suas dialéticas" e que este "é um gesto devido numa circunstância excepcional".

Portas faz ainda uma avaliação sobre a situação do partido, dizendo que foi presidente do CDS durante 16 anos e que sabe "bem que os resultados das ultimas eleições colocaram o Partido numa situação de muito risco".

A nota do ex-líder do CDS refere ainda que admira "a determinacao de Nuno Melo em ser candidato num momento tão difícil" e que "em consciência" sente que é seu "dever,como antigo líder, dar-lhe esse sinal de confiança".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+