Tempo
|
A+ / A-

Santos Silva afasta saída do Governo, mas espera regressar à docência até 2026

02 jul, 2021 - 17:30

Ministro dos Negócios Estrangeiros afirma que tem "muito tempo e muita honra em servir o país" nas funções de governante.

A+ / A-

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que espera continuar como governante até 2026, desde que o eleitorado renove a confiança no executivo em 2023.

"Sim, eu espero que o PS me liberte para o regresso à atividade profissional de professor da Universidade do Porto até 2026, e portanto temos muito tempo para trabalhar, eu tenho muito tempo e muita honra em servir o meu país nestas funções até lá", disse o ministro, quando questionado sobre as suas declarações ao jornal Expresso.

O ministro falava aos jornalistas no final de um encontro com o ministro das Relações Externas do Brasil, Carlos França, que decorreu em Lisboa, Santos Silva continuou: "Para isso preciso que o eleitorado valide a confiança no Governo nas eleições de 2023, mas devo dizer que tenho muita confiança".

Certo é que está fora de hipótese o regresso à vida académica já em setembro: "Posso assegurar é que no próximo ano letivo não serei professor na Universidade do Porto, concluiu.

Numa entrevista publicada hoje no semanário Expresso, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirma esperar que o PS lhe "permita que acabe" a sua atividade profissional, nos próximos anos, na Faculdade de Economia do Porto.

"Não me imagino a deixar de ter interesse pela política. Mas espero que o PS me permita que acabe a minha atividade profissional na minha profissão, na Faculdade de Economia do Porto. Como os professores universitários só podem dar aulas até aos 70 anos, e eu já tenho 64", disse Santos Silva, numa entrevista ao semanário Expresso, na resposta à pergunta "como é que projeta o seu adeus à política".

Ao todo, Santos Silva, que se fez fotografar com a pasta que usa desde que é ministro, já soma mais de 5.229 dias no Governo, com várias pastas, com António Guterres, José Sócrates e agora António Costa.

Augusto Santos Silva, nascido no Porto, tem uma licenciatura em História e é doutorado em Sociologia. Antes de regressar ao Governo em 2015, com António Costa, dava aulas de Economia na Universidade do Porto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+