Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Centeno “cumpriu os deveres de conduta”, mas Comissão de Ética alerta para “danos” na imagem

15 nov, 2023 - 08:59 • Olímpia Mairos

Comissão de Ética pede ao Governador, à administração e ao próprio Banco de Portugal que continuem empenhados na salvaguarda da imagem e reputação da instituição.

A+ / A-

A Comissão de Ética do Banco de Portugal considera que Mário Centeno cumpriu os deveres gerais de conduta e agiu com a reserva exigível, depois de o governador ter sido proposto pelo atual primeiro-ministro para o substituir no cargo.

“Face ao pedido que foi dirigido ao Governador pelo Primeiro-Ministro na tarde de 7 de novembro, o Governador, no plano subjetivo, agiu com a reserva exigível naquelas concretas circunstâncias, cumprindo os seus deveres gerais de conduta”, lê-se no parecer emitido pela Comissão de Ética do Banco.

“Porém, no plano objetivo, os desenvolvimentos político-mediáticos subsequentes podem trazer danos a imagem do Banco”, acrescenta-se.

A Comissão de Ética do Banco de Portugal lembra que “a defesa da instituição é ainda mais relevante num período como o atual, pelo que a Comissão sublinha a importância dos princípios que enformam os normativos em vigor e recomenda que o Governador, a Administração e o Banco no seu todo continuem empenhados na salvaguarda da imagem e reputação do Banco de Portugal”.

A Comissão de Ética do Banco de Portugal reuniu-se na segunda-feira depois de Mário Centeno ter sido proposto pelo atual primeiro-ministro para o substituir no cargo.

António Costa, que apresentou na terça-feira a demissão, defendeu que o governador do Banco de Portugal e ex-ministro das Finanças, Mário Centeno, deveria suceder-lhe na liderança de um novo executivo, no atual quadro parlamentar, e lamentou que o Presidente da República tenha optado por marcar eleições antecipadas.

Os partidos da oposição criticaram o convite ao Governador do Banco de Portugal e suscitaram dúvidas relativamente à independência de Mário Centeno no cargo.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José J C Cruz Pinto
    15 nov, 2023 Ílhavo 09:34
    Ora bolas! Que chatice! Afinal ele cumpriu os deveres. [O que prejudicou e prejudica mais a imagem? Ele, ou a "cambada" ruidosa que clama pela sua demissão?]

Destaques V+