A+ / A-

Lisboa

Ativistas da Climáximo bloqueiam rua em frente ao Museu de História Natural

19 out, 2023 - 09:46 • Cristina Nascimento

De acordo com o comunicado emitido pelo movimento, os ativistas sentaram-se no alcatrão, segurando um faixa onde se lê "Estão a destruir tudo o que tu amas".

A+ / A-

Os ativistas da Climáximo bloquearam esta quinta-feira de manhã a rua em frente ao Museu de História Natural e da Ciência, em Lisboa, na zona do Príncipe Real.

De acordo com o comunicado emitido pelo movimento, os ativistas sentaram-se no alcatrão, segurando um faixa onde se lê "Estão a destruir tudo o que tu amas".

Ainda segundo a mesma nota, Leonor Canadas, agrónoma e porta-voz no local, acusa os governos e empresas de matarem "milhares de pessoas, a despejar dezenas de milhões, a queimá-las vivas, a afogá-las. Estas mortes foram conscientes. Isto é guerra. Temos o dever de resistir, e as instituições de dizer a verdade".

Nos últimos dias, a Climáximo tem promovido protestos quase diariamente, desde bloqueios de estrada, como aconteceu na Segunda Circular ou atingir um quadro de Picasso, exposto no CCB.

Tópicos
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    19 out, 2023 Trofa 09:14
    Não existe ninguém que pegue nestes ativistas e enviem para a frente de batalha na Ucrânia.

Destaques V+