Tempo
|
A+ / A-

​Seca alastra a quase 80% de Portugal continental

21 abr, 2023 - 15:36 • Ricardo Vieira

Os valores de precipitação foram “muito inferiores ao normal, em todo o território” e “na região sul não ocorreu precipitação”, refere o IPMA.

A+ / A-

Veja também:


Quase 80% do território de Portugal continental estava em situação seca, de acordo com dados até 15 de abril divulgados esta sexta-feira pelo Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA). Trata-se de um aumento em relação aos 48% verificados no final março.

Dez por cento do território está em seca extrema, 18.6 % em seca severa, 21.2 % em seca moderada e 28.3 % em seca fraca, indica o relatório do IPMA.

Portugal continental sofreu “um aumento da área em seca meteorológica, estendendo-se até à região Centro e ao interior Norte”.

Os valores de precipitação foram “muito inferiores ao normal, em todo o território” e “na região sul não ocorreu precipitação”, refere o IPMA.

Até 15 de abril verificou-se uma “diminuição significativa da percentagem de água no solo em todo o território, sendo de

salientar o aumento da área com valores inferiores a 20%, onde se destacam a região Nordeste, o Vale do Tejo e o Baixo Alentejo”.

Entre 1 e 15 de abril, a temperatura máxima do ar esteve quase sempre acima do valor médio mensal, refere o relatório do IPMA. A temperatura mínima registou valores próximos da média mensal.

O mês começou com uma onda de calor em cerca de 50 % das estações meteorológicas da rede IPMA, entre 2 e 11 de abril.

A onda de calor “abrangeu grande parte do território, com exceção do litoral Norte e Centro e Algarve”.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+