Tempo
|
A+ / A-

​Aumento das pensões. Associação diz que Governo repõe o que é devido

17 abr, 2023 - 17:43 • Sandra Afonso

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou um aumento intercalar de pensões, de 3,57%, no mês de julho.

A+ / A-

A Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos (APRe!) considera que o Governo está agora a repor o aumento devido nas pensões.

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou esta segunda-feira um aumento intercalar de pensões, de 3,57%, no mês de julho. A medida não terá retroativos a janeiro deste ano.

Em declarações à Renascença, Maria do Rosário Gama, da APRe!, diz que o Governo vai agora corresponder a uma reivindicação da associação.

“Desde setembro de 2022 nós reclamávamos o pagamento de acordo com a lei, que tem por base a inflação e o crescimento do PIB. que até ao ano passado nunca nos favoreceu, mas que este ano aplicava-se de uma forma justa.”

O aumento de 3,57% é justo? “É o correspondente à soma dos quatro e tal por cento pagos em janeiro, que somados a estes 3,57% vai dar aquilo que nos era devido”, afirma Maria do Rosário Gama.

A Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos chegou a defender um aumento com retroativos a janeiro, mas agora admite que esta é a medida correta.

“Outra medida que achamos muito importante é a base pela qual serão feitos os aumentos para 2024 ser já com base no valor das pensões que vai ser pago a partir de julho”, sublinha Maria do Rosário Gama.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+