A+ / A-

​Apoio dos 125 euros. Sistema foi "feito à pressa e está mal desenhado"

28 out, 2022 - 13:38 • Beatriz Lopes , Cristina Nascimento

Advogado fiscalista afirma que quem recebeu os 125 euros e tem rendimentos ou património imobiliário de valores elevados pode ter de devolver o dinheiro.

A+ / A-

O sistema da Segurança Social criado para atribuir 125 euros de apoio aos portugueses foi "feito à pressa e está mal desenhado".

É a opinião do advogado fiscalista Pedro Marinho Falcão quando questionado sobre os casos de milionários, incluindo titulares de "vistos gold", a receber o apoio destinado a ajudar os portugueses a enfrentarem a inflação.

“O sistema, por um lado, foi mal desenhado, feito à pressa e foi um sistema que, do ponto de vista funcional, não estabeleceu a comunicação entre a informação da Segurança Social e a informação da Autoridade Tributária”, diz o advogado.

Marinho Falcão critica que o sistema não leve “em linha de conta a globalidade quer dos rendimentos de capitais, quer do património imobiliário, porque, de facto, não faz sentido que alguém que, em Portugal, compra um imóvel de três milhões e meio ou de quatro milhões de euros, venha agora a receber 125 euros”.

“Isto foi pensado para contribuintes de pequenos rendimentos, constituindo uma ajuda às famílias e não uma espécie de bónus para contribuintes com grandes rendimentos ou grandes capitais”, reforça.

Assim, o advogado fiscalista entende que o Governo pode pedir o reembolso dos 125 euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+