Tempo
|
A+ / A-

Violência doméstica. Morreu mulher agredida em Marco de Canaveses

25 jun, 2022 - 20:07 • Lusa

A mulher foi atingida na cabeça por um "objeto não identificado", em aparente contexto de violência doméstica, informou a GNR.

A+ / A-

A mulher de 40 anos que, na segunda-feira, sofreu ferimentos graves em Soalhães, Marco de Canaveses, morreu este sábado nos cuidados intensivos do Hospital de S. João, no Porto, disse à agência Lusa fonte daquela unidade hospitalar.

A mulher foi atingida na cabeça por um "objeto não identificado", em aparente contexto de violência doméstica, informou na ocasião a Guarda Nacional Republicana.

O agressor, um homem de 44 anos, entregou-se na quarta-feira, no posto da GNR de Penafiel, informou a autoridade policial.

O caso ocorreu em Soalhães, naquele concelho do distrito do Porto, e está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

O alerta para a ocorrência foi registado às 09:38 e a vítima foi assistida no local, sendo transportada para o Hospital de São João, no Porto, pelos bombeiros de Marco de Canaveses.

Segundo a corporação, o alerta inicial sinalizava uma paragem cardiorrespiratória, mas no local verificou-se que a vítima apresentava ferimentos na cabeça.

A vítima foi transportada para o Hospital de São João no Porto, em estado grave.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+