A+ / A-

Atropelamento mortal na A6. Eduardo Cabrita será constituido arguido amanhã

21 abr, 2022 - 12:01 • Redação

Antigo ministro da Administração Interna deverá dirigir-se ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Évora para ser constituído arguido e interrogado sobre o acidente.

A+ / A-

O ex-ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita vai ser constituído arguido no caso do atropelamento mortal na A6 amanhã. A notícia está a ser avançada pelo "Observador".

O antigo governante deve dirigir-se na sexta-feira ao Departamento de Investigação e Ação Penal de Évora para ser constituído arguido e ser interrogado sobre o acidente.

A decisão de constituir arguido o ex-ministro já tinha sido tomada em janeiro pelo diretor do DCIAP de Évora, José Carlos Laia Franco.

O acidente de viação, que resultou na morte de Nuno Santos, trabalhador que fazia a manutenção da A6, aconteceu no dia 18 de junho de 2021, no Alentejo, ao quilómetro 77.600 da via, no sentido Este/Oeste (Caia/Marateca).

No dia 3 de dezembro de 2021, o Ministério Público (MP) deduziu acusação, requerendo o julgamento por tribunal singular, contra o motorista do carro onde seguia o ex-ministro e que atropelou mortalmente o trabalhador na A6, imputando-lhe a prática de um crime de homicídio por negligência e duas contraordenações.

No mesmo dia, Eduardo Cabrita demitiu-se do cargo de ministro da Administração Interna.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Correto
    22 abr, 2022 Paços 08:24
    Justiça nojenta e putrefacta que persegue os honestos e para desviar o foco das sucessivas prescrições dos processos dos verdadeiros criminosos!

Destaques V+