Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Primeiros repatriados de Moçambique estão caminho de Lisboa

04 dez, 2021 - 11:55 • Marina Pimentel com redação

Secretária de Estado das Comunidades confirma que está planeado também um voo de Marraquexe.

A+ / A-

A secretária de Estado das Comunidades confirmou à Renascença que os primeiros repatriados de Moçambique estão a caminho de Lisboa.

Revela que o Governo tem constatado que a procura de viagens de repatriamento de portugueses e outros europeus residentes na África Austral é muita, por isso, vários voos estão marcados.

“De Moçambique partiu hoje para Portugal o primeiro voo com cerca de 280 pessoas. Correu tudo bem”, disse Berta Nunes, acrescentando que estão previstos outros depois de amanhã e depois a 8 e 11 de dezembro.

São passageiros provenientes dos vários países da África Austral e que querem vir para Portugal ou para outro país da Europa depois de Bruxelas ter suspendido os voos por causa da nova variante Ómicron.

De acordo com a secretária de Estado, para embarcarem têm de fazer teste PCR negativo e à chegada ao aeroporto de Lisboa voltam a ser testadas contra a Covid-19. Todos eles terão que fazer uma quarentena de 14 dias em Portugal e aqueles que testarem positivo ficam sobre vigilância.”

Embarcaram no voo Maputo - Lisboa passageiros com nacionalidade portuguesa, titulares de autorização de residência em Portugal e cidadãos nacionais da UE, Estados associados ao Espaço Schengen e membros das respetivas famílias.

Além dos voos de Moçambique, haverá também um voo de repatriamento de portugueses de Marraquexe, depois da decisão do governo de Marrocos de suspender todas as carreiras regulares para o país.

Portugal Continental está em situação de calamidade pela segunda vez este ano, depois de ter estado neste nível mais elevado de resposta a situações de catástrofe, previsto na Lei de Base da Proteção Civil, entre 1 de maio e 30 de setembro.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+