Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Frente Comum mantém greve de 12 de novembro

08 nov, 2021 - 16:51 • Ana Carrilho

Coordenador Sebastião Santana considera que os trabalhadores mantêm os motivos de protesto e exige que o Governo responda à proposta reivindicativa.

A+ / A-

A Frente Comum, com sindicatos da CGTP, mantém o pré-aviso de greve na administração pública para dia 12 de novembro.

Apesar de a organização da UGT – a FESAP – ter retirado a sua convocatória, Sebastião Santana, coordenador da Frente Comum, considera que os trabalhadores mantêm os motivos de protesto e a greve mantêm-se.

Em conferência de imprensa que decorreu à porta do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), o sindicalista reafirmou que o objetivo é conseguir resposta do Governo à Proposta Reivindicativa Comum.

Apesar de o Governo ter os dias contados, Sebastião Santana argumenta que algumas reivindicações não dependem de orçamento, sendo que, lembra, há um em vigor por mais dois meses e, até agora, o Governo não cumpriu algumas medidas com que se comprometeu – por exemplo, a integração de trabalhadores precários e a contagem do tempo de serviço.

Sublinha ainda que o próprio ministro das Finanças admitiu estar a ponderar se daria ou não o aumento de 0,9% que pôs em cima da mesa de negociações e que todas as organizações sindicais rejeitaram por considerarem manifestamente insuficiente.

Aos jornalistas, o coordenador da Frente Comum avançou que a estrutura foi convocada para duas reuniões com o Governo, ao abrigo da lei da negociação, para os dias 10 e 15 deste mês. Mas, não foi enviada qualquer ordem de trabalhos, acrescentou.

A greve de sexta-feira, dia 12, apesar de ser convocada apenas pelos sindicatos da Frente Comum, deverá ter impacto em diversas áreas da administração pública central, regional e local. Por exemplo, em serviços de Finanças e da Segurança Social, de saúde, escolas, transportes municipais, assim como limpeza urbana e recolha de lixo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+