Tempo
|
A+ / A-

Notícia renascença

Fundação Amália e Casa do Artista chegam a acordo sobre testamento da fadista

08 jul, 2020 - 13:27 • Maria João Costa , Cristina Nascimento

Duas instituições mantinham há 13 anos um diferendo sobre a interpretação no teor do testamento da artista, que morreu há 21 anos.

A+ / A-

Treze anos depois, a Fundação Amália e a Casa do Artista põem um ponto final num litígio que se arrastava desde a morte da fadista. Em comunicado enviado à Renascença, a Fundação Amália Rodrigues revela que o presidente da Casa do Artista passa agora a integrar o Conselho Geral da Fundação, passando a ser um dos 14 membros deste órgão.

As duas instituições resolvem assim um diferendo provocado por uma diferença de interpretação no teor do testamento da artista, que morreu há 21 anos.

Segundo a Casa do Artista, Amália Rodrigues terá deixado explícito no testamento que 15% das receitas da Fundação reverteriam a favor da Casa do Artista, mas tal nunca terá acontecido. A Fundação argumenta que o pagamento não teve lugar por falta de lucros da instituição.

O desentendimento chega ao fim no ano do centenário do nascimento de Amália Rodrigues.

No Conselho Geral da Fundação têm assento Sara Pereira, (diretora do Museu do Fado), José Manuel Rodrigues (sobrinho de Amália), António Campos (Presidente da Associação Cultural de Desenvolvimento Económico e Social do Brejão), Jorge Fernando (compositor), José Carlos Malato (apresentador de televisão), entre outras personalidades.

A Fundação Amália Rodrigues, instituída por vontade testamentária, foi fundada a 10 de dezembro de 1999 e tem sede na Rua de São Bento, nº 193, na casa que Amália habitou durante décadas e se transformou, por sua indicação, numa Casa-Museu.

É uma instituição cultural e social, reconhecida a nível nacional e internacional pelo trabalho desenvolvido em termos de preservação, estudo e divulgação da vida e obra de Amália Rodrigues. A Fundação Amália Rodrigues é a detentora dos direitos de nome e imagem da fadista e gere esse património imaterial com o objetivo de honrar a vontade da sua Fundadora.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • radojcicz
    09 jul, 2020 Serbia 11:29
    Os todos fado amigos no Portugal e amante Amalia Rodrigues mucho abrazos de Belgrado, Serbia

Destaques V+