Tempo
|
A+ / A-

Reveja o funeral do Papa Emérito Bento XVI

05 jan, 2023 - 07:32 • Redação

Pela primeira vez na História, um Papa presidiu ao funeral de outro Papa.

A+ / A-

Leia também:


Decorreu esta quinta-feira a Missa exequial pelo Sumo Pontífice Emérito Bento XVI. Pela primeira vez na História, um Papa presidiu ao funeral de outro Papa: a cerimónia foi presidida pelo Papa Francisco, e começou pontualmente às 9h30, hora local (menos uma hora em Portugal continental), na Praça de São Pedro.

A Renascença acompanhou a cerimónia em direto, numa emissão em antena e online conduzida pelo jornalista Sérgio Costa, com comentários de Pe. Jorge Duarte e Pe. Vitor Gonçalves, e intervenções dos enviados da Renascença ao Vaticano, Aura Miguel e André Rodrigues.

De acordo com o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, a inédita celebração do funeral de um Papa presidida pelo seu sucessor, “grosso modo, repete o modelo das exéquias de um sumo pontífice”.

Pouco antes das 8h, o corpo de Bento XVI foi levado para o altar da Praça de São Pedro, envolta em névoa. Antes, mais de 200 mil pessoas passaram pela Basílica para prestar uma última homenagem ao Papa Emérito. Quando a urna chegou, houve aplausos por parte dos fiéis, que se juntaram na oração do Rosário até ao início da cerimónia propriamente dita.

Francisco chegou de cadeira de rodas para presidir à missa exequial. No local também está o arcebispo Georg Gänswein, que foi secretário pessoal do Papa emérito Bento XVI, desde 2005.

Em cima da urna apenas dois objetos: as escrituras e um rosário utilizado por Bento XVI.

Francisco inicia a cerimónia com o Ato Penitencial, em latim. De seguida, pede para que Deus receba Bento XVI.

A meio da cerimónia, dois corvos surpreenderam a Praça de São Pedro, ao sobrevoar os fiéis em rodopios e vaivéns.

Depois da encomendação e do último adeus, a urna do Papa Bento XVI foi conduzida ao seu túmulo.

Papa Emérito no túmulo de João XXIII

Bento XVI será sepultado no mesmo local, onde até maio de 2011 estiveram os restos mortais de João Paulo II.

Aquele que será o túmulo do Papa emérito pertenceu também ao Papa João XXIII e situa-se a poucos metros do de São Pedro e em frente às sepulturas de duas rainhas, Cristina da Suécia e Carlota de Chipre.

Bento XVI é sepultado, à semelhança dos seus antecessores, num triplo féretro: primeiro num caixão de cipreste forrado de veludo carmesim, por sua vez colocado num caixão de zinco lacrado e, por fim num terceiro feito em carvalho.

No interior, junto ao corpo, será introduzido um cilindro metálico contendo um texto que relata a história do pontificado de Bento XVI.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+