Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. Reino Unido elimina todos os países da lista vermelha

14 dez, 2021 - 21:38 • Redação com BBC

Os passageiros que viajem de ou para um dos onze países que integram a lista deixam de ter limitações à entrada no país, a partir da madrugada desta quarta-feira.

A+ / A-

O Governo britânico vai eliminar todos os países da "lista vermelha" da Covid-19, que proibia temporariamente os voos devido ao risco associado à nova variante detetada na África do Sul.

Os passageiros que viajem de ou para Angola, Botswana, Eswatini, Lesotho, Malawi, Moçambique, Namíbia, Nigéria, África do Sul, Zâmbia e Zimbabwe – os onze países que integravam a lista – deixam de ter limitações à entrada no Reino Unido a partir da madrugada desta quarta-feira.

A "lista vermelha" foi reintroduzida no final de novembro como precaução depois da identificação da variante Ómicron.

O secretário de Estado britânico da Saúde, Sajid Javid, revelou agora que a disseminação da variante é já tão ampla que deixa de fazer sentido continuar a penalizar apenas estes onze países.

"Agora que há transmissão comunitária da Ómicron no Reino Unido e a variante se espalhou amplamente pelo mundo, a lista vermelha de viagens é menos eficaz em desacelerar a introdução da Ómicron com origem no estrangeiro", disse Javid, em declarações no Parlamento nacional.

"Embora mantenhamos as nossas medidas de teste temporários para viagens internacionais, removeremos todos os onze países da lista vermelha de viagens, a partir das 4h da manhã de amanhã", acrescentou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+