Tempo
|
A+ / A-

OE2022

Governo avança com apoio de 840€ por criança para famílias em pobreza extrema

12 out, 2021 - 00:16 • Redação

A nova prestação social Garantia para a infância complementa a prestação do abono de família, destinado a crianças e jovens com idade inferior a 18 anos.

A+ / A-

A nova "Garantia para a Infância" deverá assegurar a todas as famílias que se encontram em situação de pobreza extrema uma prestação global de 1.200 euros anuais por criança ou jovem, até aos 17 anos, a partir de 2023.

A iniciativa integra a proposta do Orçamento do Estado para 2022, entregue esta segunda-feira à noite, pelo Ministro das Finanças, no Parlamento.

Já a partir de 2022, a medida representa um complemento à prestação do abono de família vai garantir 840 euros por ano por criança ou jovem, "com idade inferior a 18 anos, pertencentes a agregados familiares que se encontram em situação de pobreza extrema".

Em 2023, a nova prestação social vai subir para chegar aos 1.200 euros no conjunto do ano.

Aumento do abono de família no primeiro e segundo escalões

O Governo propõe, ainda, um aumento do valor do abono de família das crianças pertencentes aos primeiro e segundo escalões.

A intenção é assegurar, de "forma progressiva em 2022", um valor total de de 600€ por ano, em 2023.

João Leão, entregou esta segunda-feira, muito perto da hora limite, a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+