A+ / A-
Marktest

Renascença sobe nas audiências pela quarta vaga consecutiva

10 jul, 2019 - 18:48 • Redação

Rádios do Grupo Renascença Multimédia atingiram, em junho, o primeiro lugar em todos os indicadores de audiências: Audiência Acumulada de Véspera, Share e Reach Semanal.
A+ / A-

A Renascença, a RFM e a MegaHits cresceram entre abril e junho, dando a liderança ao Grupo Renascença Multimédia no mercado da rádio em Portugal.

Com mais de 4 milhões e 300 mil ouvintes por semana, o grupo atingiu o primeiro lugar em todos os indicadores de audiência: Audiência Acumulada de Véspera, Share de Audiência e Reach Semanal.

A RFM lidera destacadamente o mercado de rádio em share de audiência, com 26,6%, tendo atingido o melhor resultado de Audiência Acumulada de Véspera da sua história, com 18,4%. Em share de audiência, alcançou igualmente a liderança no seu alvo (25/34) e conquistou o maior valor da sua história neste segmento: 36%.

Nesta vaga, a RFM é também a rádio com maior tempo médio de escuta (2 horas e 48 minutos), mais 20 minutos do que a segunda classificada.

O canal Renascença continua a crescer e sobe a audiência pela quarta vaga consecutiva. A Renascença reforça assim a presença entre os Quadros Médios e Superiores e em diversas regiões, designadamente na Grande Lisboa e no Grande Porto.

A Mega Hits, por sua vez, reforçou a sua audiência e cresceu para 3,9% de Audiência Acumulada de Véspera, voltando a atingir o seu máximo histórico. Lidera no seu alvo (15/24) e nos estudantes, entre as rádios mais jovens do país.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.