A+ / A-

Coreia do Norte. Imagens de satélite revelam nova base secreta de mísseis

06 dez, 2018 - 09:37

Complexo militar inclui uma rede de túneis subterrâneos que servirá para armazenar o armamento.
A+ / A-

A Coreia do Norte expandiu e melhorou o seu arsenal de mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), revelam novas imagens de satélite, apesar de a administração norte-americana de Donald Trump continuar a falar em progressos nas negociações com Pyongyang para a desnuclearização da Península.

As imagens de satélite, obtidas exclusivamente pela CNN, destacam melhorias significativas na base de mísseis de Yeongjeo-dong, cuja localização, no interior montanhoso do país, não era conhecida até agora.

Especialistas que analisaram as imagens apontam que a descoberta da nova base de ICBMs, alguns deles com capacidade para transportar ogivas nucleares, aumenta os receios de que a Coreia do Norte venha a usá-los em ataques de longo alcance.

A base inclui uma rede de túneis subterrâneos secreta usada para armazenar os mísseis.

Em comunicado, o Governo dos EUA diz que "tem acompanhado a Coreia do Norte de perto" e refere que "não pode discutir informações confidenciais".

Numa cimeira em abril, a primeira da História entre os líderes em funções dos EUA e da Coreia do Norte, Trump e Kim Jong-un fecharam um acordo para trabalharem em prol da "completa desnuclearização da Península Coreana", com o líder norte-coreano a dizer-se disponível para encerrar instalações de testes de mísseis.

No mês seguinte, Pyongyang começou a desmantelar um local de testes nucleares. Contudo, imagens de satélite e registos de atividade sísmica por causa de alegados testes nucleares que foram surgindo nos últimos meses levantaram dúvidas sobre se o país está mesmo a cumprir o acordo.

Em setembro, o Presidente norte-americano anunciou que pretende encontrar-se novamente com Kim já em 2019.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • JMC
    06 dez, 2018 USA/EUA 23:58
    Como é bem conhecido pelos ditadores mundiais, Trump é fácil de se enganar. Tudo o que é necessário é massagear o grande ego dele.