A+ / A-

Atenas é nova Capital Europeia da Inovação

06 nov, 2018 - 11:04 • Cristina Nascimento

Prémio atribuído na Web Summit. Presidente da Câmara da capital grega recebeu o cheque de um milhão de euros.
A+ / A-

Veja também:


Atenas é a nova Capital Europeia da Inovação. O anúncio foi feito esta terça-feira, no Palco Central da Web Summit, pela voz do comissário europeu para a Ciência e Inovação, Carlos Moedas.

Para receber o prémio subiu ao palco o presidente da Câmara da capital grega.

“É um prémio pelo esforço que a cidade tem feito para se manter de pé e para ultrapassar as dificuldades”, disse Georgios Kaminis.

O autarca considerou ainda que a distinção revela a faceta de uma “Europa solidária”.

O prémio tem um valor pecuniário de um milhão de euros. O cheque foi entregue no palco.

Atenas derrotou as restantes candidatas, entre as quais Lisboa, que era uma das 12 finalistas, tal como Aarhus (Dinamarca), Hamburgo (Alemanha), Leuven e Antuérpia (Bélgica), Toulouse (França), Bristol (Inglaterra), Umea e Gotemburgo (Suécia), Viena (Áustria) e Madrid (Espanha).

No ano passado, a cidade vencedora foi Paris, que "usou o prémio para criar uma escola diferente, multicultural”, segundo afirmou o comissário europeu português.

Esta é a quarta vez que o prémio é atribuído. “Reconhece projetos inovadores que ligam pessoas, ideias, cidades e países” e, ao nível monetário, "é tão grande como o Prémio Nobel", salientou Carlos Moedas.

A este prémio podem concorrer cidades com mais de 100 mil habitantes, localizadas num Estado-membro da União Europeia ou país associado no âmbito do Programa Horizonte 2020 – o programa de investigação e inovação da União Europeia.

Os candidatos foram avaliados pelo modo como executam soluções inovadoras para os desafios da sociedade.

A Web Summit decorre até quinta-feira no Parque das Nações, em Lisboa, e a Renascença é a rádio oficial.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jane Silva
    06 nov, 2018 Brasília 11:35
    Muito interessante e de grande valor social