Tempo
|
A+ / A-

Comunidade Vida e Paz precisa de voluntários para Festa de Natal com sem-abrigo

30 out, 2018 - 07:17 • Ana Lisboa

Os interessados podem-se inscrever numa plataforma digital e escolher a área na qual pretendem colaborar.

A+ / A-

A Comunidade Vida e Paz está a precisar de voluntários para a sua habitual Festa de Natal com os sem-abrigo, que decorre de 21 a 23 de dezembro. As inscrições vão estar abertas até se alcançar o número de voluntários necessário para o evento.

São precisos "aproximadamente 1.200 voluntários para os três dias de festa, porque nós acolhemos sensivelmente cerca de mil e quatrocentos a mil e quinhentos convidados", afirma Rita Roquette, responsável pela comunicação da Comunidade. Assim, quem estiver interessado, “deverá inscrever-se através da plataforma criada para o efeito".

A Comunidade Vida e Paz tem 22 áreas de atuação nesta festa: acolhimento, espaço aberto ao diálogo, motivação, saúde, cidadania, entre muitos outros de interesse para os sem abrigo. Ainda há muitas vagas por preencher, nomeadamente, na "área da limpeza, decoração, do apoio, dos barbeiros e dos duches", refere a responsável.

Para que a 30.ª Festa de Natal seja um sucesso, a Comunidade apela a todos os que puderem, que contribuam: "pode ser simplesmente uma peça de roupa ou uns sapatos, nós precisamos sobretudo de roupa de homem. Os artigos de higiene são também sempre necessário".

Também é possível contribuir com alimentos - como leite, recheio para as sandes, queijo, fiambre, compotas, enlatados - ou através de um apoio monetário. O donativo pode ser entregue presencialmente na sede da Comunidade ou através de transferência bancária.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • António C
    31 out, 2018 Lisboa 15:15
    Que lindo que seria ver a direcção da Comunidade a dar o exemplo. Bem sei que não colmatavam a falta dos 1200 voluntários, mas ficavam bem melhor na fotografia da "Consoada Solidária" do que na Consoada em família

Destaques V+