|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Governante norte-americano sugere que FMI ajude Ucrânia

20 fev, 2014

O país tem estado instável com manifestações contra o Governo. A situação agravou-se esta terça-feira com confrontos que provocaram, pelo menos, 26 mortos.

O secretário do Tesouro norte-americano, Jacob Lew, afirmou que o cerne da crise na Ucrânia é económico e que o país deve procurar a ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"No fundo, têm uma crise económica e vão ter de lidar com o assunto", declarou Jacob Lew numa conferência organizada pelo Conselho Mundial de Negócios em São Francisco, Estados Unidos.

O responsável pelas Finanças norte-americanas acrescentou ainda que o "melhor mecanismo para a Ucrânia" lidar com a situação seria pedir auxílio ao FMI, contando com um pacote para pôr em marcha reformas económicas e recebendo "o suporte de que precisam em troca de medidas para recuperar a economia".

A Ucrânia tem estado instável nas últimas semanas com manifestações contra o Governo de Yanukovich. A situação agravou-se esta terça-feira com confrontos que provocaram, pelo menos, 26 mortos e centenas de feridos.