Tempo
|

Bispos do Congo alertam para violência pós-eleitoral

06 dez, 2011

Resultados parciais dão vantagem a Kabila, mas opositores já reclamaram fraude eleitoral.

Bispos do Congo alertam para violência pós-eleitoral
A República Democrática do Congo é um “comboio de alta velocidade a acelerar contra uma parede”, consideram os bispos daquele país.

As eleições que decorreram a semana passada, e cujos resultados são disputados, estão na origem da ameaça.

Resultados parciais, revelados pela comissão eleitoral, dão uma vantagem ao actual presidente Joseph Kabila. O principal opositor Etienne Tshisekedi e outros nove candidatos reclamaram imediatamente, acusando o regime de ter viciado os resultados.

Para hoje está prevista a divulgação dos resultados definitivos. Os bispos católicos do país temem um regresso à violência que tem arrasado o país ao longo de várias décadas.