Tempo
|

Harleys do Papa "circulam" por boas causas

21 jun, 2013

As quatro motos clássicas foram um presente para Francisco, oferecidas durante a concentração internacional da marca, que reuniu cerca de 35 mil motards em Roma.

Tanto a notícia como a foto do Papa Francisco ao lado de um par de Harley-Davidson que lhe foram oferecidas durante a concentração do 110º aniversário da marca em Roma, no passado fim-de-semana, correram o mundo.

Mas por mais surpresas que tenha reservado para o mundo, a imagem do Papa a passear por Roma de mota não está entre elas.

De facto, as motas oferecidas ao Papa, que afinal foram quatro e não apenas duas como chegou a ser noticiado inicialmente, vão ser doadas.

Duas delas serão leiloadas, com os lucros a serem destinados a instituições de caridade. Já as outras duas foram oferecidas à gendarmeria, a polícia responsável pela segurança do Vaticano. As motas foram pintadas com os símbolos das autoridades e também com as armas do Vaticano e devem servir para escoltar dignitários que visitem a Santa Sé.

As duas motos destinadas à polícia foram entregues pessoalmente por dois descendentes de um dos fundadores da marca norte-americana.

As quatro motos são de modelo Road King Police, muito parecidos com as que são usadas pela polícia americana.