Tempo
|

Renascença com programação especial na Páscoa

28 mar, 2013

Emissão rádio conta com várias alterações nesta Semana Santa.

Renascença com programação especial na Páscoa
A Renascença conta com uma programação especial ao longo dos próximos dias, que visa realçar a importância do período pascal para os cristãos. Os ouvintes vão ter oportunidade de seguir diversas celebrações, incluindo algumas das mais importantes a nível nacional e também a partir de Roma. 

A missa da Ceia do Senhor, que decorreu na Sé de Braga e que foi presidida pelo Arcebispo Primaz D. Jorge Ortiga, foi transmitida em directo na antena da Renascença. Esta missa é um dos pontos altos da Quinta-feira Santa e incluiu a cerimónia do lava pés. À imagem do Papa Francisco, também D. Jorge Ortiga decidiu romper com a tradição e lavou os pés a 12 jovens institucionalizados em instituições de solidariedade social.

A esta transmissão em directo de uma cidade conhecida pelas suas tradições pascais seguiu-se, às 23h00 desta quinta-feira, um debate com a presença de Óscar Daniel e de Aura Miguel, em directo de Roma, dedicado ao período recente da Igreja, entre a resignação de Bento XVI e a eleição do Papa Francisco.

Sexta-feira Santa foi o dia com maior número de transmissões, a começar pelas laudes, às 11h30, em directo da Sé de Lisboa, e da celebração da Paixão do Senhor, a partir de Aveiro, às 17h00. Pelo meio houve ainda tempo para uma conversa com o padre António Vaz Pinto, sobre a oração do Credo. Às 20h15, as atenções centraram-se em Roma, de onde foi transmitida a Via Sacra, com comentários de Aura Miguel.

Sábado repete-se a oração das laudes a partir de Lisboa, à mesma hora, mas o momento alto é a transmissão da vigília pascal, celebrada no Porto por D. Manuel Clemente e marcada para as 21h30.

Para o próprio Domingo de Páscoa, destaque para a bênção "Urbi et Orbi", de Roma, que é transmitida às 11h00, seguida da missa na Sé de Lisboa, a partir das 11h30. Logo após a missa, há um debate sobre a actualidade da Igreja, com Aura Miguel e monsenhor Osvaldo Neves de Almeida em directo de Roma, Ana Patrícia Fonseca nos estúdios em Lisboa e moderação da jornalista Ângela Roque.