Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Daniel Ramos não fica surpreendido por ver "o grande Morita" no radar da Europa

10 mai, 2023 - 12:55 • Carlos Dias com Redação (texto)

O médio internacional japonês do Sporting é apontado aos alemães do Mainz. O seu primeiro treinador em Portugal diz que Morita "é dos melhores jogadores" com que já se cruzou.

A+ / A-

Daniel Ramos não estranha a afirmação de Hidemasa Morita no Sporting e o consequente interesse de clubes dos grandes campeonatos europeus no médio japonês, "um dos melhores jogadores" que treinou.

Morita está no radar do Mainz, da Alemanha, segundo o "Record". Em entrevista a Bola Branca, o seu primeiro treinador em Portugal - no Santa Clara - revela grande admiração pelo internacional japonês.

"Chamo-lhe 'o grande Morita', por ele ser mesmo isso. É um jogador muito abrangente, muito competitivo, competente no que faz. É dos melhores jogadores que treinei até hoje, por tudo. Pela forma como trabalha, pela forma como joga e como se dedica ao jogo, pela capacidade que tem para solucionar problemas à equipa, está sempre tudo bem com ele. São muitas valias que elevam a qualidade do jogador", destaca.

O Sporting comprou Morita ao Santa Clara, no verão, após ano e meio nos Açores, por menos de quatro milhões de euros. Para Daniel Ramos, a afirmação do médio em Alvalade "era uma questão de tempo".

"Isso [afirmação] está a acontecer e, quanto mais tempo passa, mais ele é valorizado no Sporting", salienta , nesta entrevista à Renascença.

Hide Morita, de 28 anos, tem contrato com o Sporting até 2026 e cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. A equipa de Rúben Amorim está no quarto lugar do campeonato, a quatro pontos do terceiro, e o presidente, Frederico Varandas, já admitiu que falhar a Liga dos Campeões na próxima temporada obrigará os leões a transferir jogadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+