A+ / A-

FC Porto

Soa a despedida. Villas-Boas agradece a Sérgio Conceição "pelos sete anos de glória e títulos"

27 mai, 2024 - 18:38 • Inês Braga Sampaio

Abraço entre o novo presidente e o ainda treinador do FC Porto sabe a adeus, na entrega da Taça de Portugal ao museu, que também inclui passagem de testemunho de Pinto da Costa.

A+ / A-

André Villas-Boas agradeceu a Sérgio Conceição pelos "sete anos de glória e títulos", esta segunda-feira, num discurso que soou a despedida.

Na cerimónia de entrega do troféu da Taça de Portugal ao Museu do FC Porto, o novo presidente portista - do clube: a tomada de posse na SAD só chega na terça-feira - deixou "uma palavra" especial ao treinador, que garantiu, após a final de domingo, já ter o futuro decidido.

"Uma palavra final o Sérgio Conceição pelos sete anos maravilhosos de glória e de títulos. Muito obrigado, em nome do FC Porto, por tudo o que fez pelo clube", sublinhou Villas-Boas.

O presidente do FC Porto também destacou a importância do seu antecessor, Jorge Nuno Pinto da Costa, que também esteve presente na cerimónia: "Este museu reflete a grandeza do FC Porto mas também reflete tudo o que deu ao clube."

"As minhas memórias do FC Porto enquanto adepto sócio estão intimamente ligadas a Pinto da Costa. Serão um peso de responsabilidade e de exigência para mim para levar este clube no bom sentido, no sentido das vitórias, no sentido da sustentabilidade e, se for possível, de tanta glória como a sua", vincou.

Passagem de testemunho


Com a conquista da Taça, o FC Porto igualou o recorde de 85 títulos do Benfica. Villas-Boas quer isolar o seu clube na frente da tabela.

"Espero que a Supertaça, no dia 3 de agosto, traga a ultrapassagem ao Benfica e que volte a colocar o FC Porto como o clube mais titulado nacional, que é o que todos desejamos", assinalou.

Antes de Villas-Boas, falou Pinto da Costa, que augurou "as maiores felicidades" ao seu sucessor.

"Estar hoje, no meu último dia de presidente da SAD do FC Porto, a receber este troféu de um dos símbolos do FC Porto, que é o capitão Pepe, é uma satisfação enorme e dá-me muita força para continuar a acompanhar. Portista deixarei de ser só quando morrer", declarou.

A cerimónia terminou com abraços de Sérgio Conceição a Villas-Boas e Pinto da Costa, e entre os dois presidentes.

O FC Porto conquistou a Taça de Portugal, no domingo, ao derrotar o Sporting, por 2-1, após prolongamento.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+