Tempo
|
A+ / A-

Mundial 2022

Jogadores com amarelo. Conheça as regras dos cartões no Mundial 2022

05 dez, 2022 - 19:15 • Inês Braga Sampaio

Quem são os cinco portugueses "à bica"? Quando limpa a folha disciplinar, no Mundial 2022? Que jogadores podem perder os quartos de final, caso Portugal derrote a Suíça nos "oitavos"?

A+ / A-

Num Mundial, em que uma seleção disputa, no máximo, sete jogos, perder jogadores por um jogo que seja devido a acumulação de cartões amarelos pode ser fatal. À entrada para os oitavos de final, há cinco internacionais portugueses em risco de falhar os "quartos".

Rúben Dias é um deles. Por ter visto cartão amarelo na fase de grupos, está em risco de falhar os quartos de final, caso a seleção nacional derrote a Suíça, na terça-feira. O central do Manchester City admite que os jogadores têm esse fator em conta e que "ninguém quer ficar de fora", no entanto, salienta, também, que não se pode pensar "excessivamente" no assunto: "Se tiver de ficar fora pelo amarelo correto, assim o farei."

Além de Dias, os portugueses em risco de suspensão são Danilo Pereira (que não deve jogar mais neste Mundial), Bruno Fernandes, Rúben Neves e João Félix. À exceção de Danilo, todos habituais titulares no Qatar.

Dita a regra que dois cartões amarelos vistos em jogos diferentes resultam num encontro de suspensão. A contagem só limpa depois dos quartos de final - ou seja, um amarelo nas meias-finais não tirará nenhum jogador da final. Contudo, um amarelo nos "quartos" pode tirar um jogador das "meias", pelo que, caso Portugal avance, aplica-se a mesma cautela ao jogo seguinte, diante de Espanha ou Marrocos.

Dos espanhóis, só está em risco de suspensão, para os quartos de final, o médio Sergio Busquets, do Barcelona. Dos marroquinos, há dois: os médios Sofyan Amrabat (Fiorentina) e Abdelhamid Sabiri (Sampdoria).

Portugal defronta a Suíça, nos oitavos de final do Mundial 2022, na terça-feira, às 19h00, em Lusail. Encontro com relato na Renascença, em direto do Qatar, e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+