Tempo
|
A+ / A-

Ténis

Roland Garros e Wimbledon? Djokovic admite falhar torneios se exigirem vacinação

15 fev, 2022 - 08:59 • Joana Gonçalves

"Este é o preço que estou disposto a pagar", disse o tenista, que ainda não foi vacinado contra a Covid-19.

A+ / A-

Novak Djokovic assumiu estar disposto a falhar os torneios de Roland Garros e de Wimbledon se a vacinação contra a Covid-19 for uma exigência para participar.

O número um mundial, que em janeiro foi expulso da Austrália após uma batalha legal sobre a vacinação, defende agora que prefere falhar estes torneios a ser inoculado.

Em entrevista à BBC, o tenista afirmou que não se identifica com movimentos negacionistas, mas apoia o direito individual de decisão. Djokovic adiantou, ainda, que em criança recebeu as vacinas recomendadas.

“Compreendo o esforço global para pôr fim a este vírus e respeito isso, mas sempre representei e apoiei a liberdade para escolher o que deixamos entrar no nosso organismo”, referiu.

Questionado sobre se estaria disposto a perder o Open de França em maio, garantiu que "este é o preço que estou disposto a pagar”.

O Governo francês tinha já comunicado, no mês passado, que o tenista sérvio não poderá participar no torneio Roland Garros, na sequência da aprovação do projeto de lei que imporá certificado de vacinação.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+