Tempo
|
A+ / A-

Mundial 2022

Roberto Martínez apresenta demissão da seleção da Bélgica

01 dez, 2022 - 18:40 • Redação

Belgas chegaram ao Mundial no segundo lugar do "ranking" FIFA, mas foram eliminados na fase de grupos. Selecionador diz que sairia mesmo que tivesse sido campeão do mundo.

A+ / A-

Roberto Martínez apresentou a demissão depois da eliminação da Bélgica na fase de grupos do Mundial 2022, esta quinta-feira.

No final do nulo com a Croácia, que ditou a eliminação da Bélgica, o selecionador frisou que deixaria sempre o cargo, fosse agora ou a 18 de dezembro, dia da final, mesmo que tivesse sido campeão do mundo.

"Foi o meu último jogo como selecionador, estou bastante emocionado. Não posso continuar e disse adeus aos jogadores e também a todo o staff. Já tinha tomado a decisão antes de o Mundial começar, sairia mesmo que fôssemos campeões do mundo", explicou o técnico espanhol.

Roberto Martínez estava no comando da seleção da Bélgica desde 2016, após o Europeu desse ano. Levou os "diabos vermelhos" ao bronze no Mundial 2018 (melhor resultado de sempre) e aos quartos de final do Euro 2020 (realizado em 2021), antes da eliminação, agora, no Mundial 2022.

Os belgas, que chegaram ao Qatar como segundos classificados do "ranking" FIFA, caíram na fase de grupos. Ficaram em terceiro lugar num grupo com Marrocos (primeiro), Croácia (segunda) e Canadá (último).

Em três jogos no Mundial 2022, a Bélgica venceu apenas o primeiro (1-0 frente ao Canadá), venceu o segundo e empatou o terceiro, terminando a fase de grupos com quatro pontos e um só golo marcado.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+