Tempo
|
A+ / A-

Dono do Manchester United deseja "a melhor das sortes para o futuro" a Cristiano Ronaldo

24 nov, 2022 - 10:38 • Redação

Avram Glazer diz que o internacional português "é um grande jogador do Manchester United" e agradece-lhe por "tudo o que fez". Venda do clube é, de facto, possibilidade para o futuro.

A+ / A-

Avram Glazer, um dos donos do Manchester United, deseja "a melhor das sortes para o futuro" a Cristiano Ronaldo, depois da rescisão de contrato por mútuo acordo e com efeito imediato entre o clube e o jogador.

Na polémica entrevista em que disse disse sentir-se "traído" pelo Manchester United, Cristiano Ronaldo fez duras críticas aos donos, afirmando que "o clube não está no caminho que deveria estar", sob o governo da família Glazer. Confrontado pela Sky Sports com as palavras do internacional português, Avram Glazer opta pela cordialidade.

"Cristiano Ronaldo é um grande jogador do Manchester United. Agradeço-lhe por tudo o que ele fez pelo clube e desejo-se a melhor das sortes para o futuro", sublinha um dos seis irmãos Glazer.

Venda do Manchester United é hipótese


A família Glazer admitiu, na terça-feira, o mesmo dia da rescisão de contrato com Cristiano Ronaldo, vender o Manchester United. Possibilidade contemplada num processo de exploração de alternativas estratégicas, de forma a "potenciar o crescimento futuro" do clube.

Avram Glazer confirma que a venda é uma das possibilidades em cima da mesa: "O Conselho de Administração passou por um processo e decidiu que vai procurar diferentes alternativas estratégicas."

"É isso que estamos a fazer. Vamos ver onde isso nos leva", diz.

Cristiano Ronaldo tinha contrato com o Manchester United até ao final da época, com mais uma temporada de opção. Atualmente, encontra-se no Qatar, com a seleção portuguesa, para a participação no Mundial.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+