Tempo
|
A+ / A-

Inglaterra

Treinador do Newcastle teme ser demitido após venda do clube

08 out, 2021 - 11:26 • Redação

Steve Bruce está a um dos mil jogos como treinador, mas receia que os novos donos do Newcastle não o deixem chegar já lá.

A+ / A-

O treinador do Newcastle, Steve Bruce, receia ser despedido, depois de o clube ter sido comprado por um consórcio saudita.

Em entrevista ao jornal "The Telegraph", o técnico inglês, de 60 anos, sublinhou que quer continuar ao comando do Newcastle, porém, admitiu que é provável que os novos donos queiram um novo treinador.

"Gostava de ter a oportunidade de mostrar aos novos donos o que consigo fazer, mas tenho de ser realista. Eles podem querer um novo treinador. Novos donos querem, normalmente, um novo treinador. Já ando aqui há tempo suficiente para perceber isso. A decisão não depende de mim. Aceito isso e aceitarei o que acontecer. Tenho de esperar para ter essas conversas com os donos quando for a altura certa", sustentou.

O Newcastle recebe o Tottenham no domingo, no St. James' Park, naquele que pode marcar o jogo 1.000 de Steve Bruce como treinador. No entanto, a venda do clube pode atrasar a celebração dessa marca.

"Se não chegar aos 1.000 jogos contra os Spurs, pode dizer-se que só podia acontecer comigo. Mas não penso que seja cruel. É o futebol", referiu.

Na quinta-feira, o Newcastle confirmou a venda do clube, a um consórcio saudita, por aproximadamente 354 milhões de euros. O fundo de Investimento Público da Arábia Saudita providencia 80% dos fundos para a transferência, já ratificada pela Premier League, que diz ter recebido "garantias legalmente vinculativas" de que o clube não seria controlado pelo Estado saudita, algo que os regulamentos da prova proíbem.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+