Tempo
|
A+ / A-

Inglaterra

"Junta-te à luz". Bristol City oferece camisola nova por cada uma dos clubes da Superliga

22 abr, 2021 - 17:21 • Redação

Em oferta está a primeira camisola do Bristol City da temporada de 2020/21, em tamanho júnior, enquanto houver "stock".

A+ / A-

O Bristol City aproveitou a "novela" da Superliga Europeia para lançar uma campanha de promoção junto dos adeptos de futebol mais jovens. "Não deixem que o 'lado negro' vos puxe para baixo", diz o clube inglês.

De acordo com comunicado publicado no site oficial, o Bristol City está a dar aos jovens "Uma Nova Esperança", como no primeiro filme (Episódio IV na cronologia cinematográfica) da "Guerra das Estrelas". Cada adepto que entregar uma camisola de um dos seis clubes ingleses que juntaram (e entretanto abandonaram) à Superliga na loja oficial do Bristol receberá, de graça, uma camisola júnior dos "robins" da presente época.

Em oferta está a primeira camisola de 2020/21, enquanto houver "stock".

"Vem para o lado da luz e apaixona-te de novo pelo futebol", apela o Bristol City, que sublinha que "o futebol é para os adeptos".

Doze clubes anunciaram, no domingo, a criação da Superliga Europeia, uma competição fechada para a elite do futebol. Seis deles eram os maiores clubes ingleses: Manchester United, Liverpool, Arsenal, Chelsea, Manchester City e Tottenham. Os "Big-6" foram, também, os primeiros a abandonar o projeto, após extensivos protestos dos adeptos.

Inter de Milão, Atlético de Madrid, AC Milan e Juventus também saíram, entretanto, deixando Barcelona e Real Madrid, o principal impulsionador da Superliga Europeia, sozinhos. O presidente dos madrilenos, Florentino Pérez, argumentou que a competição procurava recuperar os jovens para o futebol. O Bristol City aproveitou a deixa para esta campanha.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+