Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Fórmula 1

Mercedes apresenta duplo protesto após vitória de Verstappen

12 dez, 2021 - 16:02 • Redação

Em causa estão as regras sobre ultrapassagens e saída do "safety car", antes da última volta do Grande Prémio de Abu Dhabi, que decidiu o Mundial de Fórmula 1.

A+ / A-

A Mercedes apresentou duplo protesto formal sobre o Grande Prémio de Abu Dhabi, este domingo, depois da vitória de Max Verstappen, que permitiu ao piloto da Red Bull conquistar o Mundial de Fórmula 1.

Em causa estão os artigos 48.8 e 48.12 do regulamento da competição, que ditam, respetivamente, que "nenhum piloto deve ultrapassar outro carro na pista, incluindo o 'safety car', até passar a linha pela primeira vez depois de o 'safety car' ter regressado às boxes" e que quaisquer carros que tenham uma ou mais voltas de atraso devem passar à frente para acertas posições face à entrada do "safety car".

Acontece que Verstappen terá, segundo a Mercedes, chegado perto de Hamilton antes do reatamento e que a direção da corrida deu ordem a Lando Norris, Fernando Alonso, Esteban Ocon, Charles Leclerc e Sebastian Vettel para passarem o "safety car", mas não a Daniel Ricciardo, Lance Stroll e Mick Schumacher.

Verstappen sagrou-se campeão do mundo de Fórmula 1, este domingo, pela primeira vez na carreira. O piloto da Red Bull e o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) chegavam ao último Grande Prémio do Mundial empatados em pontos. A cinco voltas do fim, quando o holandês estava a cerca de 12 segundos de Hamilton, o canadiano Nicholas Lafiti (Williams) despistou-se e levou a corrida a parar.

No reatamento, após protestos da Red Bull, a direção da corrida, que inicialmente ia proibir ultrapassagens quando o safety car deixasse a pista, definiu que os dois candidatos partiriam para a última volta um atrás do outro. Verstappen, que tinha pneus novos, conseguiu ultrapassar Hamilton, defender-se do contra-ataque do britânico e passar a meta no primeiro lugar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+