A+ / A-

Valdo

"Só uma hecatombe" tira o título ao Benfica

20 mar, 2023 - 12:45 • Pedro Castro Alves

Valdo, antigo jogador das águias, acredita que está de volta “o grande Benfica”, com campeonato e Liga dos Campeões “nas suas mãos”.

A+ / A-

Valdo, antigo médio do Benfica, acredita que "só uma hecatombe” retiraria o título de campeão nacional às águias.

Com a vitória, por 5-1, sobre o Vitória de Guimarães e o empate entre Sporting de Braga e FC Porto, os encarnados ampliaram a distância na frente do campeonato para dez pontos, a nove jornadas do fim. Perante este cenário, Valdo diz que o título está praticamente entregue.

“O Vitória até resistiu nos primeiros minutos, mas o golo de Gonçalo Ramos complicou. O Benfica fez uma grande exibição, com golos bonitos. Com o empate entre Braga e Porto, não digo que o título é do Benfica, mas só uma hecatombe faria com que não fosse campeão”, diz Valdo, em Bola Branca.

Apesar da conquista do campeonato estar perto de garantida, Valdo não acredita que Roger Schmidt aposte tudo na Liga dos Campeões, onde vai encontrar o Inter de Milão nos quartos de final.

“O objetivo é sempre o campeonato nacional, que é muito importante para a gestão do Rui Costa. Na Liga dos Campeões teve a felicidade de ficar do lado menos forte. Acho que o Benfica tem as duas frentes nas suas mãos. Sem fazer muito barulho, vai mostrando a toda a Europa que o Benfica voltou a ser o grande Benfica”, afirma, em entrevista à Renascença.

Com a pausa para os compromissos de seleções, Roger Schmidt deu uma semana de folga aos jogadores que permanecem com equipa.

Após este interregno, o Benfica visita o Rio Ave, antes da receção ao FC Porto. O clássico poderá não ser decisivo para o título, dada a distância pontual no topo da tabela, mas Valdo não retira relevância ao jogo.

“Não perde nem ganha importância, é a mesma. Vai ser, independentemente da pontuação, um jogo muito bom de se ver”, explica.

Valdo, antigo internacional brasileiro, representou o Benfica entre 1988 e 1991, antes de sair para o PSG, e de 1995 a 1997. Conquistou dois campeonatos, uma Taça de Portugal e uma Supertaça pelos encarnados.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+