Tempo
|
A+ / A-

Enzo será premiado se ficar no Benfica até ao final da época

29 dez, 2022 - 10:24 • Redação

O médio internacional argentino, de 21 anos, tem vários interessados. O Chelsea estará disposto a bater a cláusula de rescisão, de 120 milhões de euros, para tê-lo já em janeiro.

A+ / A-

Enzo Fernández receberá um bónus se decidir continuar no Benfica em janeiro, segundo adianta, esta quinta-feira, o jornal "Record".

O médio, de 21 anos, tem sido associado a vários "tubarões" europeus desde que ajudou a Argentina a conquistar o Mundial 2022. O presidente do Benfica diz que jogadores importantes só sairão, em janeiro, se alguém bater a cláusula de rescisão. A questão é que, de acordo com a imprensa, há clubes dispostos a pagar mais de 120 milhões de euros por Enzo.

A SAD do Benfica vai dar um bónus a Enzo se o médio não sair em janeiro, de forma a premiar a fidelidade ao clube. Também é possível um aumento salarial considerável. Rui Costa também terá falado com Enzo, de forma a convencê-lo a continuar no Benfica até ao final da época.

O Benfica contratou Enzo ao River Plate, no verão, por 12 milhões de euros. O médio assumiu imediatamente a titularidade, somou três golos e cinco assistências em 24 jogos, e ganhou bilhete para o Mundial.

Após ser suplente no primeiro jogo da fase de grupos, que a Argentina perdeu, ganhou um lugar no meio-campo e não mais saiu, até à conquista do título. Contribuiu com um golo e uma assistência.

Enzo Fernández tem contrato com o Benfica até 2027 e cláusula de rescisão de 120 milhões de euros. Tem de olho nele clubes como Manchester United, Liverpool ou Real Madrid. No entanto, é o Chelsea, novamente conforme o "Record", que está disposto a desembolsar 130 milhões de euros já no mercado de janeiro para contratá-lo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+