Tempo
|
A+ / A-

Luís Filipe Vieira desvaloriza influência de Rui Costa na formação do Benfica

26 abr, 2022 - 09:44 • Redação

Em entrevista à CMTV, o antigo presidente do Benfica celebra a conquista da Youth League e defende que a formação é o futuro do Benfica. Rui Costa, observa, não tem tido papel ativo no Seixal.

A+ / A-

Luís Filipe Vieira desvaloriza o papel de Rui Costa na conquista da Youth League, pelos sub-19 do Benfica, e considera que o atual presidente não tem qualquer influência na formação.

Vieira quebrou o silêncio, em entrevista à CMTV, para manifestar orgulho pelo título conquistado, mas não deixou de enviar recados para a Luz.

"O mérito na conquista da Youth League é só dos treinadores e dos jogadores. Que eu saiba a influência do Rui no Seixal tem sido praticamente inexistente", afirma.

O antigo presidente do Benfica não se coibiu de criticar o seu sucessor pelo considera ser uma falta de atenção à formação do clube, que, defende, "é o futuro".

"É a formação do Benfica que tem libertado verbas ao Benfica, com resultados financeiros fantásticos, e que permite ao Benfica ter a posição privilegiada que hoje tem em termos patrimoniais. O Benfica tem uma situação privilegiada e pode manter a formação toda. Não é dizer que a aposta é a formação e depois ouvirmos dizer que com a formação não ganhamos nada. Ou se aposta, ou não aposta", defende.

Luís Filipe Vieira aponta o caminho a Rui Costa e reforça que se tiver de vender jogadores, o Benfica "pode vender outros que não da formação".

Orgulhoso pela conquista da Youth League, o antigo presidente dos encarnados considera que "uma boa parte daqueles jogadores merece chegar à primeira equipa". Jogadores que, na sua opinião, podem formar mais uma geração de atletas que pode ter forte impacto no clube.

Recordando que foi com o Centro de Treinos do Seixal que o Benfica deu os primeiros passos na aposta que hoje dá frutos, Vieira reforça que "tem de se pensar sempre na formação, não apenas nestes momentos".

Nesta entrevista à CMTV, desde o Brasil, o antigo líder do Benfica, "muito feliz pelo título que fugia ao clube há muitos anos", dedica a conquista a "Mário Dias, construtor do centro de formação, e Jaime Graça, que era o coordenador da formação".

À quarta final disputada da Youth League, o Benfica conquistou o título, depois de uma vitória convincente, por 6-0, sobre os austríacos do Red Bull Salzburgo.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+