Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Tiago Dantas sobre Vieira. "Não gostei que tivesse mostrado as nossas mensagens pessoais"

11 mar, 2022 - 06:10 • Eduardo Soares da Silva

Médio pediu ao antigo presidente para ser emprestado ao Bayern de Munique e Vieira revelou as mensagens numa ação de campanha eleitoral.

A+ / A-

Tiago Dantas não gostou da atitude do antigo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, quando leu publicamente as mensagens enviadas pelo médio a pedir para aceitar a proposta de empréstimo do Bayern de Munique.

Vieira foi muito criticado pelos sócios pela saída da promessa da formação encarnada e, numa ação de campanha eleitoral em outubro de 2020, decidiu revelar duas mensagens privadas de Tiago Dantas.

Em entrevista à Renascença, o médio revela agora que não gostou da atitude do dirigente encarnado, apesar de continuar agradecido por tudo o que fez pela sua carreira.

"Quando mandei a mensagem foi para ele me deixar sair, foi explícito o que lhe pedi. Era uma oportunidade única. Sim, não gostei que o presidente tivesse lido as nossas mensagens pessoais, acho que aí não esteve bem. Mas por me ter deixado ir, ter ido contra muita gente, fico-lhe agradecido por tudo o que fez por mim. Foi também muito importante e sempre acreditou em mim", disse.

Na altura, Tiago Dantas pediu a Luís Filipe Vieira que aceitasse a proposta de empréstimo do Bayern de Munique, pedido esse que foi aceite.

O médio esteve uma temporada nos bávaros, fez apenas dois jogos na equipa principal e sagrou-se campeão da Bundesliga e vencedor do Mundial de Clubes. Atualmente, Tiago Dantas está cedido ao Tondela, na sua primeira experiência na I Liga.

Luís Filipe Vieira deixou a presidência do Benfica em julho de 2021, sob investigação na Operação Cartão Vermelho. Tiago Dantas continua ligado ao Benfica e tem contrato até 2024 e tem o objetivo de integrar a equipa principal na próxima época.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+