Tempo
|
A+ / A-

Marques Pedrosa não acredita que Jorge Jesus regresse agora ao Benfica

06 jul, 2020 - 12:45 • João Paulo Ribeiro

Antigo vice-presidente do Estrela da Amadora e amigo pessoal de Jesus lembra que o técnico deu a palavra ao Flamengo. "Ele é um homem de palavra", realça, em entrevista a Bola Branca.

A+ / A-

Marques Pedrosa, antigo vice-presidente do Estrela da Amadora e amigo pessoal de Jorge Jesus, com quem trabalhou na Reboleira, não acredita no regresso do treinador ao Benfica, nesta altura.

Nesta altura, no Brasil, o Flamengo joga para a Taça Rio, mas ainda não existem certezas quanto à realização do Brasileirão e da Taça Libertadores. Mesmo perante estas indefinições, o antigo responsável pelo futebol do Estrela da Amadora confia que o treinador português não rescindirá contrato com o "Mengão" para assinar pelo Benfica.

"Daquilo que conheço do Jorge Jesus, se já assinou o contrato com o Flamengo, acho muito difícil renunciar a esse vínculo. Ele é um homem de palavra. O presidente do Benfica demorou tempo demais a decidir o que queria fazer. Tenho quase a certeza que não virá para o Benfica, nesta altura", afirma Marques Pedrosa, em entrevista a Bola Branca.

Forte admiração, apesar da zanga


Marques Pedrosa lembra que, apesar da zanga quando o treinador saiu para o Sporting, há uma forte amizade entre Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, e Jorge Jesus, fruto de seis anos de colaboração:

"Além da qualidade do Jorge Jesus como treinador, Luís Filipe Vieira tem grande amizade por ele, apesar de se terem zangado quando o Jorge foi para o Sporting. Depois, há todo um conhecimento que o Jesus já tem do Benfica e do plantel. Ambos podem ter vontade que a situação aconteça, mas acho que as circunstâncias não favorecem o regresso."

Apesar de duvidar do regresso de Jorge Jesus à Luz, Marques Pedrosa enaltece o trabalho do amigo. "Muitos treinadores têm feito bons trabalhos no Benfica, mas a marca do Jesus ficará para sempre", vinca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+