Tempo
|

Benfica

José Peseiro: "Ricardo Horta sabe que está no momento de ir"

12 mai, 2022 - 12:45 • João Fonseca

O treinador recebeu o avançado no Sporting de Braga quando este deixou Málaga. Horta "é um jogador completo" e que merece "abraçar uma equipa que lute pelo título de campeã", como o Benfica. Nesta entrevista a Bola Branca, Peseiro dá os parabéns ao FC Porto e deixa muitas dúvidas sobre o que será a próxima temporada.

A+ / A-

José Peseiro acredita que o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, "será sensível" à vontade do capitão Ricardo Horta, depois dos casos de Lima e Rafa Silva, que rumaram ao Benfica, e repetirá os episódios anteriores, não dificultando a saída de jogadores que deram tudo enquanto representaram o clube.

"O Ricardo é um catalisador da equipa. É um capitão, não porque grita muito: afirma-se pelo seu comportamento, como o exemplo em campo e que faz tudo. Arrasta a equipa e é determinante. Assiste, finaliza, é tremendo e está no momento. Todos sabem disso, ele e o presidente António Salvador sabem que é o momento de abraçar uma equipa mais candidata a ser campeã", salienta Peseiro, em entrevista a Bola Branca, acerca de uma possível mudança de Horta para a Luz.

O treinador, que recebeu o avançado no Braga quando este deixou Málaga, em 2016/17, acrescenta que até pode suceder que Horta seja vendido abaixo do seu real valor, como consequência da "marca que deixou ou está a deixar" no Minho.

Uma transferência que, a concretizar-se, pode voltar a reaproximar o goleador bracarense, de 27 anos, da seleção portuguesa. Contudo, Peseiro deixa uma ressalva, aludindo à forte concorrência na equipa das quinas.

"Apesar de acharmos que o Ricardo merecia e merece ir à seleção, também temos de perceber e olhar com frieza para o nível de jogadores que, neste momento, na posição do Ricardo, estão na seleção portuguesa", afirma o técnico, acentuando a dificuldade de Fernando Santos nas suas escolhas.

O campeão e o futuro


Nesta entrevista à Renascença, José Peseiro também analisa a época que está no seu epílogo. O treinador deixa os "parabéns ao presidente, ao treinador e jogadores" do FC Porto, que na sua opinião "foi um campeão merecido".

Sobre a próxima temporada, "não sabemos que jogadores vão sair" em cada clube.

"No Sporting vem um central, mas vai sair o Sarabia. O Benfica pode ir buscar o Ricardo Horta, mas o Darwin pode sair. É difícil projetar a próxima época, porque até nem sabemos se o Sérgio [Conceição] vai ficar no FC Porto", afirma.

A fechar, José Peseiro deixa um desejo: que o Benfica "fique mais perto do Porto e do Sporting na luta pelo título" e que, no mesmo sentido, o Braga encurte distâncias para os principais emblemas nacionais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+