Tempo
|
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo

Explicador Renascença

O que muda com a reorganização das urgências de pediatria?

13 mar, 2023 • Anabela Góis


A direção executiva do Serviço Nacional de Saúde (SNS) já terminou a reorganização dos serviços de urgência de pediatria na região de Lisboa e Vale do Tejo. O documento agora divulgado prevê que 10 serviços estarão permanentemente abertos, um fecha ao fim de semana de 15 em 15 dias e três funcionam das 9h00 às 21h00, embora com algumas especificidades.


Que impacto tem esta reorganização?

Em causa estão as populações servidas por 14 hospitais, entre eles alguns dos maiores do país. Mas é uma reorganização que surge para tentar resolver o problema da falta de médicos. Como não dão para tudo, a opção foi concentrar serviços e, assim, há urgências pediátricas que vão fechar à noite e ao fim de semana, em alguns casos já é isso que agora acontece,

Este plano de reorganização das urgências de pediatria vai estar em vigor entre 1 de abril e 30 de junho. Depois, logo se vê, será necessário esperar pela avaliação que fôr feita para sabermos se a situação de mantém no futuro ou não.

Que urgências é que vão então ficar fechadas à noite, a partir de abril?

Em permanência vão ser três. É melhor tomarem nota, porque pode não ser fácil. As urgências pediátricas dos hospitais de São Francisco Xavier, em Lisboa, e de Torres Vedras, que faz parte do centro hospitalar do Oeste, vão funcionar todos os dias - incluindo os fins de semana, mas apenas das 9h00 às 21h00. A urgências do hospital Beatriz Ângelo, em Loures, fecham à noite nos dias de semana e durante todo o dia ao sábado e ao domingo.

Por último, o hospital de São Bernardo, em Setúbal, fecha a urgência de pediatria ao fim de semana de 15 em 15 dias, sendo que fecha logo a partir das 21h00 de sexta-feira e só volta a abrir na segunda. Já agora, dizer que o funcionamento ao fim de semana coincide com o funcionamento da maternidade, que também fecha de duas em duas semanas.

Sobre o hospital de Loures, o ministro da saúde não prometeu reabrir as urgências ao fim de semana?

O ministro prometeu, mas não se comprometeu com datas. Manuel Pizarro disse aos autarcas de Loures, Odivelas, Mafra e Sobral de Monte Agraço, os quatro concelhos servidos pelo hospital Beatriz Ângelo - aproximadamente 300 mil pessoas - que iria avaliar e anunciar uma solução para reabrir a urgência durante o dia ao fim de semana. Contudo, até agora não é conhecida nem avaliação, nem solução. De acordo com o plano divulgado, esta segunda-feira, pela Direção Executiva do SNS (é disso que temos estado a falar), a urgência pediátrica de Loures vai ficar fechada à noite ao fim de semana, pelo menos, até 30 de junho.

A situação agravou-se bastante nos últimos meses com a saída de vários pediatras daquele hospital que deixou de ser parceria público-privada e passou a ter gestão totalmente pública há pouco mais de um ano. Nesta altura, o hospital tem metade dos especialistas de que precisa e, de acordo com o diretor de serviço de pediatria, nem as urgências diárias estão 100% garantidas.

Quais são os hospitais com urgência sempre aberta?

Sete dias por semana, 24 horas por dia, estão a funcionar as urgências pediátricas dos restantes dez hospitais: Caldas da Rainha, Torres Novas, Santarém, Vila Franca de Xira, os hospitais de Santa Maria e Dona Estefânia, em Lisboa, o Amadora-Sintra, o hospital de Cascais, o Garcia de Orta, em Almada, e o Barreiro, do centro hospitalar Barreiro-Montijo.

E ficamos assim?

Ficamos assim a partir de 1 de abril e até 30 de junho. Nessa altura, e tendo em conta os resultados deste plano, a Direção executiva do SNS anunciará o que vai acontecer nos restantes trimestres, sendo que admite já que poderá haver redução de serviços no Verão, altura em que há menor procura.

Até lá a direção do SNS compromete-se, também, a informar as populações sobre os horários as urgências e a garantir que o INEM estará em regime de prontidão, para que nada falhe no apoio de emergência e encaminhamento de doentes, e que está a par de todas as vagas existentes nos diferentes hospitais para que não haja deslocações desnecessárias ou em vão. Em caso de dúvida: liguem para o SNS24.

"Autobaixas" estão em alta. Está tudo a ficar doente?
O segundo ciclo deve continuar ou acabar?
A Europa está a preparar-se para entrar em guerra com a Rússia?
Como funciona o voto antecipado?
Como é que devo validar as minhas faturas?
Como evitar burlas no arrendamento de casas?
O que é que causou o incêndio que consumiu prédio em Valência?
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Quem vai estar dispensado de preencher o IRS?
Por que é que o sarampo se está a propagar rapidamente?
Julian Assange vai ser extraditado para os EUA?
Protesto dos polícias no Capitólio foi autorizado?
Missão militar europeia no Mar Vermelho. Quais são os meios e os objetivos?
O que é que fez o endividamento das famílias quadruplicar desde 2015?
Morreu Alexei Navalny. O que se sabe até agora?
Julgamento de suspeito do rapto de Maddie McCann está relacionado com o caso?
Madeira. O que é que vai acontecer agora que os três detidos foram libertados?
Já é possível ter o cartão de cidadão e a carta de condução no telemóvel. Como é que funciona?
Vai ser possível consultar online as declarações de rendimentos e património dos políticos. Que plataforma é esta?
A Meta vai limitar o acesso a sugestões de conteúdo político nas redes sociais. O que é que isto significa?
Presencial, correspondência ou antecipado. Como votar nas eleições legislativas?
Por que é que as televisões recusaram debates com Nuno Melo a representar a AD?
Abandono escolar aumenta em Portugal. Porquê?
Por que é que há bancos a bloquear as contas dos clientes?
Baixas médicas e fim de grupo operacional. O que se passa na PSP?
A PSP está a investigar a própria PSP por suspeitas de fraude?
Quem é o pirata português procurado nos EUA?
Existe uma relação contratual entre um estafeta e a Uber Eats?
Dengue deixa Rio de Janeiro em estado de emergência. A culpa é do mosquito?
Os protestos dos polícias podem impedir as eleições legislativas?
O que sabemos da manifestação anti-Islão?
Cessar-fogo à vista. Aproxima-se o fim da guerra entre Israel e Hamas?
Agricultores protestam e cortam estradas em Portugal. Porquê?
Telecomunicações mais caras. Por que é que os preços voltam a aumentar?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.