Tempo
|
Euranet
Decidir Europa
Todas as semanas, um convidado especial fala sobre os grandes temas da Europa e do mundo no programa "Decidir Europa", com edição do jornalista José Bastos.
A+ / A-
Arquivo
Decidir Europa -  Luís Andrade Ferreira e a escola da ferrovia - 15/10/2021
Decidir Europa -  Luís Andrade Ferreira e a escola da ferrovia - 15/10/2021

Decidir Europa

Luís Andrade Ferreira e a escola da ferrovia

15 out, 2021 • José Bastos


Professor da FEUP explica as virtualidades do ecossistema ferroviário na Europa do século XXI.

Portugal vai ter uma escola totalmente dedicada à ferrovia já no próximo mês de novembro, situada no eixo mais relevante do novo centro de conhecimento ferroviário de Guifões, Matosinhos, que para além do ensino e formação terá outros vectores na certificação e promoção de parcerias entre empresas

Com um orçamento previsto de 12 milhões de euros, o Centro de Competências Ferroviárias (CCF) conta com um forte envolvimento da FEUP. Será a sede do Centro de Saber da Ferrovia (CSF), para desenvolver soluções tecnológicas inovadoras.

A FEUP foi uma das entidades fundadoras da Plataforma Ferroviária Portuguesa (PFP), um consórcio que permitiu reunir os principais atores do sistema ferroviário nacional e, assim, ganhar dimensão internacional.

Além de liderar/colaborar em vários projetos de investigação na área da ferrovia (CAPACITY4RAIL, IN2RAIL, MAXBE, PEDDIR, IN2TRACK2, IN2STEMPO, iNBRAIL, iPBRAIL, ID_TRACTION, H2RAIL), a FEUP integra ainda o consórcio SwiTrack’En, membro associado da Joint Undertaking Shift2Rail.

Trata-se da maior iniciativa neste domínio promovida pela Comissão Europeia, e tem como objetivo duplicar a capacidade do sistema ferroviário europeu e aumentar a sua segurança e qualidade de serviço, reduzindo, em simultâneo, o custo do ciclo de vida.

Comissão Europeia que promoveu a ferrovia ao lançar um plano no final de 2020, o European Sustainable and Smart Mobility Strategy, a determinar (até 2030) viagens com menos de 500km em meios de transporte públicos com carbono zero, isto é, não podendo ser feitas se emitirem carbono.

Nesta emissão em que se regressa à ferrovia como um dos pilares da mobilidade elétrica no planeta – e em Portugal – o convidado é o professor da FEUP Luís Andrade Ferreira, presidente-executivo do centro de Guifões e com uma vida pública, já de décadas, dedicada à ferrovia.

Este conteúdo é feito no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.