Tempo
|
Da Capa à Contracapa
Os grandes temas da atualidade em debate à Terça-feira, depois das 23h, na Edição da Noite. Uma parceria da Renascença com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.
A+ / A-
Arquivo
Quais as grandes dificuldades para os jovens de hoje?
Quais as grandes dificuldades para os jovens de hoje?

Da Capa à Contracapa

​Quais as grandes dificuldades para os jovens de hoje?

12 abr, 2022


São frequentemente vistos como os inconformados, idealistas, fontes de mudança e de progresso. Eles são de facto as crianças do passado e os adultos do futuro. Mas são cada vez menos. Os jovens representam hoje apenas cerca de 21% da população do país. E enfrentam várias dificuldades: da precariedade laboral ao problema da habitação, da falta de respostas políticas para os seus problemas à sua própria incapacidade de mobilização.

Na semana em que a Fundação Francisco Manuel dos Santos estreia na RTP um novo documentário sobre os jovens portugueses, “Juventudes”, conversamos no Da Capa à Contracapa da Renascença sobre os jovens de hoje e as dificuldades que se colocam no dia-a-dia e no futuro desta nova geração.

São convidados do programa o coordenador do documentário, o sociólogo Vítor Sérgio Ferreira, professor e investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa; e Adriana Cardoso, jovem licenciada em Ciências Farmacêuticas, atualmente a frequentar o mestrado na Universidade de Coimbra.

A conversa será moderada pelo jornalista José Pedro Frazão. Pode ouvir esta terça-feira depois das 23h00 na Edição da Noite da Renascença. O Da Capa à Contracapa é um programa produzido em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.