A+ / A-
Apoio Renascença

Se fosse no Brasil, quem ganharia as eleições? Ana Galvão fez a sondagem


Nos últimos dias de Rock in Rio Brasil, Ana Galvão travou amizade com muitos brasileiros e ainda fez uma sondagem para saber em que candidato às legislativas votariam.
As simpatias dos brasileiros no RiR pelos políticos portugueses
As simpatias dos brasileiros no RiR pelos políticos portugueses

Chegou ao fim a edição de 2019 do Rock in Rio. A repórter Ana Galvão visitou a gigantesca Cidade do Rock brasileira e, entre um fim-de-semana de festival e o outro, ainda teve tempo para explorar a Cidade Maravilhosa.

Oiça todas as reportagens de Ana Galvão no Calçadão AQUI.

Drake, Foo Fighters, Bon Jovi, Ellie Goulding, Dave Matthews Band, Goo Goo Dolls e Ivete Sangalo, Red Hot Chili Peppers, Iron Maiden, Scorpions, P!nk, Black Eyed Peas, Anitta, Muse, Os Paralamas do Sucesso e muitos outros atuaram no Palco Mundo.

Mas também houve nomes portugueses no festival: Carolina Deslandes, Blaya, Capitão Fausto e Agir levaram a música nacional ao Palco Sunset.

Durante o festival, Ana Galvão teve tempo para travar a amizade com muitos brasileiros e até para saber em quem votariam nas eleições portuguesas… só pelo aspeto dos candidatos. Talvez fique surpreendido com as respostas que dariam a um dos candidatos a maioria absoluta:

As simpatias dos brasileiros no RiR pelos políticos portugueses
As simpatias dos brasileiros no RiR pelos políticos portugueses

Em sete dias de festival milhares de pessoas passaram pela Cidade do Rock e foram muitos os que se deixaram conquistar pela simpatia e boa disposição da nossa Ana Galvão que, com muita pena, se despediu da Cidade do Rock no domingo. Para o ano há mais… em Portugal!

A Renascença no Rock in Rio a convite da organização.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.